Astro de Hollywood está no Brasil para apresentar a peça "The Infernal Comedy, Confissões de um Serial Killer"

Deborah Evelyn, Malu Mader e Tony Bellotto
Roberto Filho/AgNews
Deborah Evelyn, Malu Mader e Tony Bellotto
Muitos saíram do teatro Oi Casa Grande, zona sul do Rio, na noite chuvosa de segunda-feira(31) querendo ser John Malkovich . O ator americano, que era uma dos convidados do jornal O Globo em um debate sobre o espetáculo "The Infernal Comedy" , ao lado do diretor da peça, Michael Sturminger e do maestro Martin Haselbock , roubou a cena com sua inteligência e ironia. "Ele é um homem interessantíssimo! Não fala coisas óbvias. Mas infelizmente não poderei assistir sua peça pois estarei gravando", disse a atriz Renata Sorrah que esteve presente ao evento.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Durante as discussões relativas a peça, Malkovich foi sério e direto. Porém, quando as perguntas da plateia começaram a surgir, ele mostrou que, apesar de americano, tem um humor inglês e uma ironia que descende dos países europeus. Adepto das longas pausas entre as frases, como se estivesse elaborando bastante o que iria dizer, acabou ofuscando os dois outros participantes que viraram meros coadjuvantes no encontro que durou cerca de uma hora e meia. "Não acho que o teatro tenha influenciado minha carreira nos filmes que atuei", disse ele ironicamente em uma das respostas.

John também foi político ao responder sobre uma comparação entre os cinemas americano e europeu. "Acho que os dois tem igual importância", disse ele. O ator americano também se mostrou interessado no cinema que é feito em outros países como no Brasil. "Assisti alguns filmes bastante interessantes como "Tropa de Elite" e "Ônibus 174". Não me preocupo com a nacionalidade dos diretores com quem trabalho", afirmou.

Ao falar do espetáculo onde ele interpreta o serial killer Jack Unterweger, elogiou a equipe e afirmou que "tem sido uma grande alegria trabalhar com música. É fascinante estar no mesmo palco com as cantoras sopranos no espetáculo", disse ele. Na platéia ao lado do marido, o guitarrista Tony Belotto , a atriz Malu Mader elogiava Malkovich. "Eu o considero um dos grandes atores contemporâneos. Adoro "Ligações Perigosas" e "Quero ser John Malkovich", disse.

Durante a entrevista o diretor Michael Sturminger falou da alegria de trabalhar com ele. "Creio que eu ficaria interessado em qualquer coisa, até em uma história de criança, se ele estivesse nela", disse o diretor. O espetáculo "The Infernal Comedy" será apresentado no Rio nessa quarta-feira (2) no Theatro Municipal. Dia 3 ele vai para Salvador no Teatro Castro Alves e nos dias 4,5 e 6 no Theatro Municipal de São Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.