Ao lado de Lavínia Vlasak e Michel Melamed, modelo parabeniza Luis Fernando Carvalho, autor de “Afinal o que querem a mulheres?”

Luis Fernando Carvalho e Lavínia Vlasak
Ag.News
Luis Fernando Carvalho e Lavínia Vlasak

As desilusões do psicanalista André, vivido pelo ator Michel Melamed na minissérie “Afinal o que querem a mulheres?”, agora podem ser estudadas mais a fundo pelos que também questionam o universo feminino. Na noite de segunda-feira (24), o diretor Luis Fernando Carvalho e os autores Cecília Gianetti e João Paulo Cuenca , receberam convidados e parte do elenco da minissérie para lançar o livro com o roteiro dos seis capítulos, além de ilustrações e imagens exclusivas do seriado. “Luis nos deu muita liberdade neste trabalho, ao contrário do que vemos na televisão”, disse C uenca, que ressaltou o clima de improviso nas gravações. 

Luis Fernando Carvalho e Lavínia Vlasak
Ag.News
Luis Fernando Carvalho e Lavínia Vlasak
A atriz Lavínia Vlasak , que participou da minissérie, se emocionou ao falar do diretor. “Comecei na televisão pelas mãos do Luis Fernando em “O Rei do Gado” quando eu tinha 19 anos. E foi ótimo, hoje aos 34, voltar a trabalhar com ele”, contou a atriz, que adiou o desejo de ser mamãe novamente, para entrar em “Insensato Coração”, da Globo. “Já era para eu estar grávida, mas tive que atender ao chamado do Gilberto Braga , que admiro há tanto tempo”, disse ela, que viverá Úrsula, uma vilã.

Luiza Brunet também prestigiou o lançamento e se revelou uma admiradora do diretor. “Gosto de tudo o que ele faz. Meu sonho é participar de algum trabalho dele, mesmo eu não sendo atriz”, confessou.

Michel Melamed chegou com a atriz Bruna Linzmeyer que, de colega de elenco, acabou se tornando namorada do ator. “Tem muita magia em tudo. Ele é incrível!”, disse a jovem atriz que da minissérie foi direto para o elenco de “Insensato Coração”, onde vive a estudante Leila. “Este trabalho foi feito com amor e eu fiquei mais amoroso por conta disso”, disse Michel abraçado à Bruna. O ator se prepara para lançar seu primeiro CD chamado “Quase-Canção” e pretende sair em tour com este espetáculo.

O diretor Luis Fernando Carvalho falou de como a poesia pontua suas criações. “Este trabalho foi um exercício em busca de um texto mais leve, mas sem perder uma certa poética. Poesia no sentido humano do termo”, afirmou o autor, que valorizou o improviso neste trabalho. “O texto é um ponto de partida e neste trabalho algumas coisas foram por outro caminho e fiquei muito feliz com o resultado,” disse ele.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.