O ator de "Rebelde" conta que a namorada já conhece Sasha e que não se incomoda com a diferença de 22 anos entre eles

Sobre o namoro com Júlia:
André Durão
Sobre o namoro com Júlia: "Não gosto de rotular. É o tempo que fala tudo"
Luciano Szafir , 42 anos, namora a estudante de marketing e economia Júlia Rusatsky há um ano. No carnaval deste ano, ela circulou ao lado do namorado em um camarote vip na Sapucaí usando um anel na mão esquerda, o que despertou rumores de que a relação teria se tornado mais séria.Apesar do flagra, Luciano desmente os boatos.

Segundo ele, o acessório se tratava apenas de um anel que Júlia comprou na Índia. Mas e a relação? Estaria ficando séria? “Não gosto de rotular. É o tempo que fala tudo”, afirma Luciano. Apesar de despistar, segundo ele, sua filha, Sasha , de 12 anos, que chama carinhosamente de “Sassa”, da relação com a apresentadora Xuxa , já conheceu a moça, que também é atriz e cantora. A seguir o bate-papo com o iG.

iG: No carnaval você apareceu com a Júlia, sua namorada, e ela estava com um anel que parecia uma aliança.
Luciano Szafir: Não é aliança. É um anel que ela comprou na Índia.

iG: Vocês estão juntos há um ano. Está ficando sério?
Luciano Szafir: Está legal, está bom. Estou separado há dois anos. Nesse um ano de namoro podemos dizer que a gente ficou junto uns oito ou nove meses. Como estava estudando nos Estados Unidos e ela veio muitas vezes ao Brasil pudemos conciliar. Fiquei muito tempo indo para lá, mas sempre voltava porque não consigo ficar longe da minha filha. Era uma semana aqui e três lá. Agora vamos ver o que acontece daqui para frente. Não gosto de rotular. É o tempo que fala tudo.

iG: Ela também é atriz. Pensam em fazer algum espetáculo junto?
Luciano Szafir: Ela não é só atriz. É uma excelente cantora. Canta muito, toca piano desde os 13 anos de idade, compõe. Mas a Júlia está se formando agora em marketing e economia e quis focar nos estudos, apesar de ser talentosérrima. Deixa ela acabar e aí a gente vê o que vai fazer. Ela é muito nova, vai fazer 21 anos este ano. Segundo a mídia ela tem 19 desde o dia que me conheceu (risos). Ela não muda de idade! Só eu que mudo de idade! Ela morre de rir. “Oba, continuo com 19”. Eu falo: “Oba não, filha, que a distância vai aumentando”.

Ele garante que a diferença de 22 anos não atrapalha o namoro com Júlia
André Durão
Ele garante que a diferença de 22 anos não atrapalha o namoro com Júlia
iG: Se preocupa com a diferença de idade de vocês?
Luciano Szafir: No início sim. Depois resolvi relaxar e pronto. Eu já tenho tanta coisa complicada na minha vida que procuro simplificar as coisas, não pensar muito, agir mais com o coração. Não sou de racionalizar os relacionamentos.

iG: Ela já conheceu a Sasha?
Luciano Szafir: Elas já se conheceram. Mas a Júlia fica aqui muito pouco tempo.

iG: A Sasha aceita numa boa?
Luciano Szafir: Tranquilo.

iG: O que mais gosta de fazer quando está de folga?
Luciano Szafir: Ficar com a minha filha, ou ler. Sou aficionado por cinema. Quando eu chego em casa, depois que vejo a Sasha, a primeira coisa que faço é assistir um filme. Sou mais caseiro.

iG: Como se mantém tão bem aos 42 anos? Tem algum cuidado especial?
Luciano Szafir: Não uso nada. Sou muito descuidado. É até politicamente incorreto falar, mas se usei protetor solar três ou quatro vezes na vida foi muito. Mas sou muito ligado a banho. Antes de dormir tenho que tomar banho e acho delicioso deitar na cama depois com o ar condicionado ligado. Para acordar também preciso tomar um banho senão não levanto. E sempre faço uma atividade física por dia. Vou dar uma pedalada, ou pegar onda, ou luto jiu-jitsu, ou musculação. Alguma coisa eu faço. Então acabo tomando três banhos por dia.

iG: O que mudou depois dos 40 anos?
Luciano Szafir: A cabeça continua praticamente a mesma coisa. Aliás, eu poderia dizer que era mais sério aos 20 do que sou aos 42. Mas em contrapartida o corpo não responde mais do mesmo jeito. Por mais que eu faça bastante atividade física, procure me cuidar, tenho dor todo dia em alguma parte do corpo. Porque fiz muita coisa radical, então me machuquei muito. Eu já caí de 10 metros de altura escalando porque a corda arrebentou. Já apaguei porque tomei pancada muito forte no jiu-jitsu. Operei o joelho três vezes. Tenho problema no ombro, cotovelo, tornozelo.

iG: Depois que teve a Sasha passou a tomar mais cuidado?
Luciano Szafir: Depois que tive a minha filha a coisa mudou totalmente. Passei a ter mais cautela. Quando via mar grande era o primeiro a entrar (Luciano é surfista). Hoje não faço mais isso. Não é mais a mesma coisa. Você para de viver para você e passa a viver para o filho. Antigamente se eu passava numa loja, por exemplo, via um carro ou uma roupa. Hoje passo, vejo um negócio e falo: “Isso aqui é a cara da Sassa (como ele se refere à filha)”. Você só vê coisas voltadas para o interesse deles e, no final do dia, esqueceu de você.

iG: Ela já quis fazer algum esporte radical?
Luciano Szafir: Se ela não saltou pelo menos umas 15 vezes de parapente foi pouco. Quase enfartei todas as vezes. Eu não vou ver. Não consigo. E ela só vai se tiver com as condições perfeitas. Se o cara disser que tem um ventinho eu falo: “Não vai não”. Mas faz tempo que ela parou com isso. Graças a Deus. Ela não é tão atirada quanto eu era. É muito corajosa, mas eu era louco.

iG: Era muito corajoso?
Luciano Szafir: Não, era muito idiota. Esse é o termo mais correto (risos).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.