Pit Bull achou que fosse piada o processo apresentado pela atriz contra ele

Lindsay Lohan
SplashNews
Lindsay Lohan
O rapper cubanoamericano Pit bull disse nesta quinta-feira (25) estar "surpreso" com o processo apresentado pela atriz Lindsay Lohan contra ele, que o acusa de ter lhe causado um "dano irreparável" por mencioná-la na música "Give Me Everything". "Fiquei muito surpreso quando fiquei sabendo sobre o processo. Para mim foi muito irônico, pensei até que se tratava de uma piada", disse o cantor em uma mensagem de vídeo postada em seu site planetpit.com.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

A ação apresentada na última sexta-feira no condado nova-iorquino de Nassau alega que a letra da canção faz uso de palavras "condenatórias, depreciativas e difamatórias que causam dano irreparável à litigante" e pede a cessação de sua transmissão, além de uma indenização não especificada. "Nunca foi minha intenção prejudicar a carreira de ninguém, e mencioná-la em uma música que ficou em primeiro lugar no ranking mundial para mim é ajudar alguém", sustentou o rapper, que acrescentou que a canção tem uma mensagem positiva.

Pit bull indicou que deixou o assunto nas mãos de advogados e convidou a atriz para acompanhá-lo na entrega dos prêmios MTV Vídeo Music Awards, que será realizada neste domingo, onde cantará o single. Produzida por Afrojack e interpretada em parceria com Ne-Yo, "Give Me Everything" vendeu mais de duas milhões de cópias e chegou a ficar nos primeiros lugares do Billboard Hot 100. Entre os próximos projetos de Armando Pérez , nome verdadeiro do cantor, fará um dueto com a rainha da salsa Celia Cruz e um remix da nova música de Gloria Estefan, "Wepa", que já está disponível no iTunes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.