Um dia após negar o roubo, atriz é acusada pela Justiça de Los Angeles

Lindsay Lohan chora no tribunal ao ser condenada por consumo de bebidas alcóolicas e drogas
Getty Images
Lindsay Lohan chora no tribunal ao ser condenada por consumo de bebidas alcóolicas e drogas
A Justiça dos Estados Unidos anunciou nessa terça-feira (8) que Lindsay Lohan será acusada de roubar um colar de ouro avaliado em US$ 2,5 mil ((R$ 4.200) de uma joalheria em Los Angeles, segundo informou a noticiário norte-americano CBS.

A atriz, de 24 anos, deverá comparecer ao tribunal da cidade na tarde desta quarta-feira (9), ao lado de seu advogado, que, segundo o jornal, afirma que a atriz nega o roubo “com veemência” .

Lohan está sendo acusada de sair de uma loja sem pagar por um colar no dia 22 de janeiro.

O curioso disso tudo é que antes que a polícia entrasse com um mandado de busca, a peça foi deixada em uma delegacia de Los Angeles.

Em 2010, Lindsay passou 13 dias na prisão depois de ter violado a condicional que cumpria por consumo de bebidas alcóolicas e substâncias ilícitas.

Ela também poderá passar por um processo por ter atacado um funcionário do centro de reabilitação em que esteve internada até o início deste ano.

Enquanto passa por problemas na vida pessoal, Lindsay continua pensando no trabalho. A atriz está cotada para participar do novo filme do Superman.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.