Atriz e cantora é acusada de roubar uma joalheria na Califórnia

Condenada a prisão por suspeita de roubo , a atriz e cantora Lindsay Lohan foi liberada após o pagamento de uma fiança de 75 mil dólares, nessa sexta-feira (22), em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Lindsay Lohan
X17
Lindsay Lohan

Lohan, que ficou presa por duas semanas no ano passado, foi levada imediatamente do tribunal para a cadeia depois de uma audiência preliminar sobre as acusações de ter roubado um colar de ouro no valor de 2,5 mil dólares de uma loja em janeiro.

O advogado da atriz entrou imediatamente com recurso e ela pagou fiança para sair da cadeia, com uma audiência de apelação ainda pendente. Ela foi solta após ficar cerca de cinco horas presa, de acordo com o site do Departamento do Xerife do Condado de Los Angeles.

A atriz de "Meninas Malvadas" terá que comparecer a julgamento no dia 3 de junho, mas a acusação de roubo de joias foi reduzida de um delito mais grave para uma contravenção e diminuirá para um ano a sua eventual sentença máxima caso ela seja considerada culpada.

Lohan, de 24 anos, tem negado veementemente que saiu deliberadamente de uma loja de Los Angeles vestindo o colar sem pagar. Sua advogada disse na sexta-feira que ela estava distraída e avoada quando deixou o local com o item no pescoço. A juíza Stephanie Sautner , de Los Angeles, contudo, considerou que as evidências sugeriam que Lohan queria realmente roubar o colar. Ela decidiu que Lohan violou sua condicional por dirigir embriagada e posse de cocaína em 2007 e a sentenciou a 120 dias na prisão e 480 horas de serviços comunitários em um necrotério e em uma prisão feminina.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.