De acordo com a polícia inglesa, alguns pertences da cantora sumiram após sua morte

Amy Winehouse
GettyImages
Amy Winehouse
Após quase um mês da morte de Amy Winehouse, o pai da cantora, Mitch Winehouse , declarou à polícia inglesa que a casa de sua filha - em Camden Town, norte de Londres - foi roubada logo assim que retiraram seu corpo do local. O herói da diva do soul acredita que alguém pegou ilegalmente músicas inéditas de Amy, alguns de seus livros líricos preferidos e cartas que ela escrevia e guardava desde sua infância. “Isso é um choque para a família da Amy. Eles não entendem como alguém pode descer tão baixo. São coisas pessoais, inacreditável”, disse uma pessoa próxima da família da cantora ao jornal “The Sun”.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Além desses objetos, outros pertences de Amy também sumiram. Até hoje não encontraram uma de suas guitarras favoritas e letras de músicas escritas para seu terceiro álbum. "Mitch está disposto a dar a quem quer que tenha roubado esses itens uma chance de fazer a coisa certa e colocá-los novamente no local", continuou. Cerca de 20 pessoas, incluindo a família, amigos, segurança e polícia, tiveram acesso à casa de Amy desde sua morte.

FOTOS: A vida de Amy Winehouse

A família de Amy e seu ex-namorado, Reg Traviss , estão passando alguns dias reclusos e já se pronunciaram dizendo que quando voltarem a Londres resolverão essa situação. A gravadora da cantora e seu ex-agente ainda não decidiram o que farão com as músicas inéditas que Amy já havia gravado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.