A noiva de príncipe William é considerada uma plebeia que triunfou entre os aristocratas

Kate Middleton: cheia de mistérios
Getty Images
Kate Middleton: cheia de mistérios
O tema do passeio era o casamento próximo real, mas o objeto de obsessão do grupo era Kate Middleton , a noiva real. Em Mayfair, o guia parou no próximo marco importante: a loja Jigsaw, na Rua Dover. "A dificuldade de Kate em manter um trabalho desde que se formou já teria atraído o desgosto da rainha", declarou o guia, Hana Umezawa , tão fervorosamente como se estivesse explicando a Armada Espanhola. "O mais perto que Kate conseguiu chegar de ter um emprego tradicional foi quando ela trabalhou na Jigsaw como compradora de acessórios assistente entre 2006 e 2007."

O que você diria sobre uma jovem que entrou para a faculdade, se apaixonou e ficou noiva? Com chegada do casamento de Kate com o príncipe William , as chances do público – ou seja, nós – descobrir algo novo sobre ela antes que se torne uma princesa (ou uma duquesa, dependendo do título que aceitar) são zero. Agora com 29 anos, ela falou formalmente com a imprensa somente no dia em que ela e William anunciaram seu noivado e passaram por uma leve sessão de perguntas. Ela parece ter passado a vida evitando episódios indecorosos.

Kate Middleton: megacelebridade
Divulgação
Kate Middleton: megacelebridade
"É absolutamente extraordinário – as pessoas comentam e falam sobre ela, mas não sabemos quase nada a seu respeito", disse Valentine Baixo , que escreve sobre a família real para o The Times de Londres. "Ela é uma página em branco. Ela existiu numa espécie de bolha durante os últimos nove anos, e eles fizeram um trabalho brilhante em controlar o fluxo de informações a seu respeito, deixando apenas o suficiente para que sintamos que estamos recebendo algo”.

Middleton é uma raridade nesta época da vida tocada em público: uma megacelebridade que nunca esteve em um reality show, não tem página no Facebook, não usa o Twitter e não está se preparando para revelar tudo em um livro de memórias. Ela é como uma estrela de Hollywood dos velhos tempos, cheia de mistérios, uma tela sobre a qual o mundo pode projetar suas fantasias. Se Diana , a Princesa de Gales, era uma aristocrata com um toque comum, Kate Middleton é uma plebeu que triunfou entre os aristocratas. Mas tal como aconteceu com Diana, o voraz apetite público por detalhes suculentos sobre sua vida terão de se contentar com restos reciclados a partir de um banquete que já foi servido há muito tempo.

Como ela cresceu em Bucklebury, Berkshire, com dois pais amorosos e de boa aparência, que se conheceram quando trabalhavam na British Airways, ele como despachante de vôo e ela como aeromoça. Como ela tem um irmão, James , que se mantém fora do centro das atenções, e uma irmã, Pippa, que praticamente faz exatamente o oposto. Como sua mãe, Carole , tem antepassados que eram mineiros, e como Carole deixou para trás suas raízes de classe trabalhadora quando ela e o pai de Kate, Michael, fundaram uma empresa de sucesso na Internet, que vende acessórios para festas. Como sua nova riqueza permitiu que eles se mudassem para uma casa de campo grande e colocassem Kate na escola de elite Marlborough College, onde ela se destacou no esporte, mas, infelizmente, não por comportamento inadequado.

Existe algum debate sobre quando Middleton se tornou consciente de William ser um marido em potencial. Em seu livro "William e Kate: A Real Love Story", Christopher Andersen a descreve como tendo passado sua adolescência fantasiando sobre William, debruçada sobre artigos de notícias sobre ele, chegando a pendurar um pôster dele na parede. Questionada em sua entrevista de noivado se ela de fato tinha um poster de William na parede, Kate sorriu e disse: "Ele bem que gostaria”. (Ela acrescentou: "Eu tinha o cara da Levi's na minha parede – e não William. Desculpe.")

O namoro na Universidade de St. Andrews, onde ambos eram estudantes, foi relatado em incontáveis artigos, livros e especiais de televisão. Mas só uns poucos sabem se o episódio que supostamente inflamou a paixão real – quando Kate participou de um desfile em um vestido transparente e William pronunciou as palavras fatais: "Uau! Kate é linda!" – realmente aconteceu daquela maneira. Os dois, que de acordo com todos os relatos têm um relacionamento fácil e brincalhão, viviam juntos em uma casa de grupo, primeiro como amigos e, em seguida, como casal. Ele a apresentou à sua família e saia com a família dela. Quando ele questionou se a faculdade era certa para ele, ela o convenceu a ficar.

Kate Middleton e Príncipe William: relacionamento fácil
Getty Images
Kate Middleton e Príncipe William: relacionamento fácil
Eles se formaram. Ele seguiu para as forças militares. Ela trabalhava meio período na Jigsaw e o restante do tempo para os pais. Ela parou de trabalhar. Eles começaram a sair em diversas casas noturnas. Outro local importante para o relacionamento real foi o Mahiki, um clube noturno de tema polinésio onde William costumava ir beber. Aqui, Umezawa conta, amigos de William suspostamente "tratavam Kate indelicadamente fazendo referências depreciativas à sua origem de classe média", chegando a murmurar instruções dadas por comissárias de voo quando ela chegada. Foi também aqui, disse ela, que William veio comemorar depois que ele e Kate (momentaneamente) se separaram em 2007, subindo em uma mesa e gritando "eu estou livre", e acumulando uma conta de US$ 18.000 no bar em menos de uma semana.

Desde que se reconciliaram – "Kate, ganhou com seu comportamento distante", explicou Umezawa – eles vivem juntos em Anglesey, País de Gales, onde William trabalha como piloto de busca e salvamento para a Força Aérea Real. Supostamente, eles fazem suas próprias compras e possivelmente até mesmo sua própria limpeza. "Kate jogou muito bem", disse Kate Reardon , editor da revista Tatler. "Ela parece ser modesta e conservadora e tudo o que gostaríamos que ela fosse." Em seus últimos dias como solteira, Middleton parece ter se escondido. No entanto, ela foi flagrada fazendo compras em Londres esta semana. Mas quanto mais ela fica longe dos holofotes, mais ardente e, de certa forma, insignificante, se torna a especulação. Todos querem saber sobre o seu vestido e chegam a inventor histórias de que ela própria o criou! Não, ela tem três vestidos concorrentes feito por três designers concorrentes! Não, ela tem um vestido, e ele está trancada em um cofre de Clarence House (casa do príncipe Charles )! Ela está magra demais, como será o ajuste do vestido?

Nada disto ficará claro até o grande dia. Mesmo a revista Hello!, que consegue transformar o sussurro de uma brisa perto de um palácio real em notícia, teve de se contentar com menos do que o habitual. "O Segredo de Kate", prometeu na capa da edição da semana passada. Dentro da revista, citando fontes anônimas, dizia-se que Middleton não irá contratar um maquiador profissional para seu casamento, mas sim que irá se maquiar sozinha. Isso parece bastante improvável, dado que uma audiência de televisão e internet de cerca de 2,5 bilhões de pessoas estarão acompanhando a cerimônia e prestando atenção em cada detalhe. Mas quem sabe? O palácio não quis comentar.

2,5 bilhões de pessoas estarão acompanhando a cerimônia do casamento real
REUTERS/Darren Staples
2,5 bilhões de pessoas estarão acompanhando a cerimônia do casamento real


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.