Ao lado de Amon Lima e Júlio Torres, músico se apresentou com a banda Dexterz em São Paulo e falou que está com a agenda cheia

Junior Lima se apresentou ao lado de Amon Lima e Júlio Torres com a banda Dexterz, em São Paulo
AgNews
Junior Lima se apresentou ao lado de Amon Lima e Júlio Torres com a banda Dexterz, em São Paulo

Junior Lima brincou que suas fãs hoje já não gritam mais como antigamente, quando cantava com sua irmã Sandy
AgNews
Junior Lima brincou que suas fãs hoje já não gritam mais como antigamente, quando cantava com sua irmã Sandy
Junior Lima trocou as grandes casas de shows cheias por apresentações menores e eventos fechados; o microfone que dividia com a irmã Sandy por baquetas, iPads e controles de videogames. E os gritos histéricos de ‘lindo’ e ‘eu te amo’ das fãs foram substituidos por ‘uhuuuu’ e ‘animal’ dos simpatizantes de música eletrônica durante a apresentação de sua banda Dexterz nessa quarta-feira (7), em São Paulo.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as últimas notícias dos famosos

Em conversa com o iG Gente , o músico, que subiu ao palco ao lado de Amon Lima , cunhado de Sandy , e Júlio Torres em um evento da marca de óculos Police, contou que o público é muito diferente do que ele estava acostumado quando cantava ao lado da irmã. “É difícil comparar porque os lugares que eu me apresentava como “Sandy & Junior” eram diferentes, mas a aceitação do pessoal do eletrônico a gente sente tocando. Eles piram no som. É demais. Não tem gritaria, que é bom também, mas agora a euforia vem dançando. Minhas fãs hoje não gritam mais”, disse Junior, aos risos.

 Se antes ele tinha a companhia constante da irmã ao seu lado, Junior agora conta com a namorada, a miss Contagem 2010, Raisa Maciel , que não desgruda dele e vibra ao som da banda.

LEIA TAMBÉM: Junior Lima e Raíssa Maciel curtem praia de nudismo com segurança

Com a agenda de show cheia e datas reservadas para 2014, Junior diz que quer mesmo é trabalhar, mas reclama que no Brasil é complicado se deslocar. “A gente brinca que cobramos para viajar e não para tocar. É difícil viajar no Brasil por culpa dos aeroportos e estradas. A gente vai mesmo pra ver a galera se divertindo e feliz.”

Já sobre a apresentação que a banda fez no Big Brother Brasil 12 , em 25 de fevereiro, Amon diz que a repercussão foi ótima. "Já participamos há dois anos. É muito retorno. Nossa página do facebook dobrou, quase triplicou de seguidores. Já tem gente pedindo agenda para 2014”

E MAIS: Junior Lima se apresenta com banda Dexterz no BBB12

Confira trecho do show dos Dexterz durante a festa dessa quarta-feira (8):

null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.