Hubs de Gente

enhanced by Google
 

Jude Law

Posição no Ranking dos famosos:
Compartilhar:

Jude Law começou no teatro na infância. Já na adolescência participou de uma novela na TV inglesa. Depois de várias peças, foi para a Broadway, nos Estados Unidos, que serviu como porta de entrada para diversos filmes independentes. Ficou conhecido quando atuou em “Gattaca”. A carreira decolou com o “O Talentoso Ripley”, que valeu sua primeira indicação ao Oscar.

Ler biografia completa

FAMOSOS RELACIONADOS

  • Natalie Portman
  • Madonna
  • Cameron Diaz
  • Nicole Kidman
  • Matt Damon
  • Sienna Miller

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Todas as notícias

Jude Law no Twitter

  • maikaifilmes Com Anthony Hopkins, Jude Law e Rachel Weisz no elenco, Fernando Meirelles dirige seu novo filme “360”. Confira: http://ow.ly/5ScNV
  • g7stavo Reveladas fotos de 360, novo filme de Fernando Meirelles Elenco conta com Jude Law, Rachel Weisz e Anthony Hopkins http://t.co/cijYRuO
  • fernandozamith Fernando Meirelles refaz a "A Ronda do Amor" em seu novo filme "360", com Anthony Hopkins, Rachel Weisz e Jude Law: http://t.co/HVc5Bob
  • JacksonArantes Mal posso esperar para assistir ao novo filme do Fernando Meirelles, 360°, com o Jude Law e a linda da Rachel Weisz *-*
  • Geysakarllana tô ansiosa pela estréia do novo filme de Fernando Meirelles, 360".O elenco é de 1º Anthony Hopkins, Jude Law e nossa brasileirinha Mª Flor.
  • okinforma Jude Law e Rachel Weisz estarão em estreia de "360": Jude Law e Rachel Weisz estarão com Fernando Meirelles na e... http://bit.ly/qCrNrr
  • esquinaonline Jude Law e Rachel Weisz estarão em estreia de "360": Jude Law e Rachel Weisz estarão com Fernando Meirelles na e... http://bit.ly/qCrNrr
  • marcela_jones Qual a probabilidade de um filme dirigido por Fernando Meirelles e com Jude Law, Anthony Hopkins, Rache Weisz e a brasileira Maria Flor...
  • marcela_jones Qual a probabilidade de um filme dirigido por Fernando Meirelles e com Jude Law, Anthony Hopkins, Rache Weisz e a brasileira Maria Flor...
Siga o Twitter do iG Gente

Biografia completa de Jude Law

BIOGRAFIA

Aos cinco anos de idade, o segundo filho do casal de professores Peter Law e Maggie Heyworth já demonstrava interesse em atuar. Em 1984, com apenas 12 anos, Jude entrou para o National Youth Music Theatre - uma organização concebida para jovens que queriam seguir a carreira artística. Decorridos cinco anos, trocou a escola pelo Guildhall School of Music and Drama, período em que participou de um papel secundário na novela “Families” da TV inglesa. Foi apenas em 1992 que, de fato, iniciou sua carreira de ator estrelando várias peças em Londres . Seus trabalhos renderam uma indicação ao Laurence Olivier de Estreante Excelente e o prêmio Ian Charleson de Estreante Excelente por sua atuação na peça “Les Parents terribles”, do francês Jean Cocteau (traduzida para o inglês como "Indiscretions").

Nas filmagens de “Shopping - Alvo do Crime”, em 1994, Jude começou o namoro com a também atriz do elenco Sadie Frost. Logo em seguida, viajou para a América para se apresentar na Broadway com a mesma peça "Indiscretions", obtendo uma indicação ao prêmio de teatro Tony Award de Melhor Ator de 1995. O grande salto em sua carreira tinha sido dado. Dois anos mais tarde, atuaria no filme “Wilde”, tornando-se um dos atores mais populares da Inglaterra.

Contudo, a fama se espalhou para outras regiões do globo apenas quando o astro se mudou para os Estados Unidos. Na América, Jude Law atuou em muitos filmes independentes, até finalmente aparecer ao lado de Uma Thurman e Ethan Hawke no longa-metragem “Gattaca - Experiência Genética” e também em “Meia-noite no Jardim do Bem e do Mal”, ambos lançados em 1997. Neste mesmo ano se casou com Sadie, de quem iria se divorciar em 2003.

Jude Law entrava para Hollywood, mas ainda buscava uma interpretação que fixasse seu nome ao lado das grandes estrelas do cinema. A oportunidade que faltava veio no remake de “O Talentoso Ripley”, de 1999, em que contracenou com Matt Damon  e Gwyneth Paltrow. Por sua atuação impecável, recebeu inúmeros elogios da crítica, uma indicação ao Oscar e a fama de galã que o acompanharia desde então. Em 2004, outra indicação ao Oscar de melhor ator pelo filme “Cold Moutain” o colocaria definitivamente na lista dos mais famosos do cinema.

Desde então, Jude Law já realizou 15 filmes, sendo que os dois últimos - “Os Coletores” e “Hugo Cabret”- serão lançados apenas no final de 2011. Atualmente o ator está filmando “Sherlock Holmes 2”. Sendo um dos sócios da produtora Natural Nylon, que também inclui Jonny Lee Miller, Ewan McGregor e sua ex-mulher Sadie Frost, Jude Law engata também na carreira de produtor.

 

<span>Jude Law no ínicio de sua carreira, em 1989</span> - <strong>Foto: Reprodução</strong> <span>Em 2004 Law foi eleito o homem mais sexy do ano pela revista "People"</span> - <strong>Foto: Reprodução</strong> <span>o ator já perdeu a cabeça e atacou uma fotógrafa que tentava pegar um flagra dele na noite de Nova York</span> - <strong>Foto: Reprodução</strong> <span>Com o elenco de um de seus primeiro filmes, "O talentoso Mr. Ripley", que lhe rendeu a indicação ao oscar de melhor ator coadjuvante, em 2000</span> - <strong>Foto: Reprodução</strong> <span>Em 2004, o ator foi indicado ao Oscar de melhor ator pelo filme "Cold Mountain". Sua outra indicação foi pelo filme "O Talentoso Mr. Ripley", em 2000, como coadjuvante</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Entre os relacionamento, Jude Law foi casado com a designer Sadie Frost, entre 1997 e 2003. O casal teve três filhos: Raferty, Iris e Rubby.</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong> <span>Já em 2004, começou um relacionamento com Sienna Miller, terminando em 2007, e reatando em 2009, após o nascimento da quarta filha, Sophia, filha da atriz Samantha Burker</span> - <strong>Foto: Getty Images</strong>

 

 

O casamento com a atriz Sadie Frost durou seis anos, mas lhe deu três filhos: o primogênito Rafferty, nascido em 1996, Iris, nascida em 2000 e, dois anos mais tarde, o caçula Rudy. O período foi alvo de constantes rumores da mídia, principalmente após a separação em 2003. A atriz teria declarado que o “comportamento irracional” de Law era em partes responsável pelo agravamento de sua depressão pós-parto, fazendo com que ela tivesse que se submeter a cuidados mais intensos com uso de medicamentos.

A concretização do divórcio em 2005 trouxe a alardeada disputa pela herança do casal. Finalmente, Sadie contentou-se com a mansão inglesa de 4 milhões e um pagamento de 2 milhões de dólares à parte. Foi neste período que a mídia inglesa começou a sugerir que o casal havia participado de encontros de troca de casal, e que costumava também passar férias com o baterista da banda Supergrass, Danny Goffey, e sua mulher, Pearl Lowe.

A independência amorosa do ator não durou muito. Tornou-se noivo de Sienna Miller, atriz com quem contracenou no filme “Alfie - O Sedutor”, em 2004. Enquanto o casal fazia preparativos para o casamento, novos escândalos surgiram: em 2005, Jude se desculpou publicamente pelo seu caso com Daisy Wright, babá de seus três filhos, durante as filmagens de “All The King’s Men”. Após a reconciliação, Jude descobriu que a noiva estava tendo um caso com o também ator Daniel Craig. Depois de muitas idas e vindas, os dois romperam oficialmente em 2006.

Em 2007, a revista francesa Elle conferiu a Jude Law a terceira posição na lista dos 15 homens mais sexy do mundo. Como se estivesse além dos títulos, no mesmo ano passou dez dias no Afeganistão filmando um documentário em prol da paz. Mas suas façanhas amorosas não iriam parar por aí. Três meses após a declaração de gravidez, a modelo Samantha Burke deu à luz sua quarta filha, Sophia. Mesmo diante do ocorrido, reatou o relacionamento com a antiga noiva Sienna Miller em dezembro de 2009.

Um pé no cinema, outro no teatro. Assim poderia ser definida a carreira de Jude Law. Mesmo depois de ter conquistado um lugar de destaque entre os atores mais conceituados de Hollywood, especialmente após sua atuação em “O Talentoso Ripley” (que lhe rendeu uma indicação ao Oscar), “A.I. – Inteligência Artificial”, dirigido por ninguém menos do que Steven Spielberg, e “Cold Mountain” (que lhe renderia uma segunda indicação ao Oscar), ao lado das atrizes Nicole Kidman, Renée Zellweger e Natalie Portman, o ator desempenha um papel no teatro. Interpretações em “Pigmaleão”, “Indiscretions”, “Enemy at The Gates, The Tragical History of Doctor Faustus” e “Hamlet”  só confirmaram sua vocação também para os palcos.

Filmes

1994: “Shopping - Alvo do Crime”
1996: “Bem-me-quer, Mal-me-quer”
1997: “Wilde”, “Gattaca - Experiência Genética”, “Bent” e “Meia-noite no Jardim do Bem e do Mal”
1998: “Music from Another Room”, “The Wisdom of Crocodiles” e “Final Cut”
1999: “eXistenZ” e “O Talentoso Ripley”
2001: “Love, Honour and Obey”, “Círculo de Fogo”, “A.I. - Inteligência Artificial” e “Marlowe”
2002: “Estrada para Perdição”
2003: “Cold Mountain”
2004: “Capitão Sky e o Mundo de Amanhã”, “Alfie - O Sedutor”, “O Aviador”, “Huckabees - A Vida é uma Comédia”, “Desventuras em Série (voz)” e “Closer - Perto Demais”
2006: “A Grande Ilusão”, “Invasão de Domicílio” e “O Amor Não Tira Férias”
2007: “Um Jogo de Vida ou Morte” e “Um Beijo Roubado”
2009: “Rage”, “O mundo Imaginário do Dr Parnassus” e “John Watson”
2010: “Os Coletores”
2011: “Contagion”, “Hugo Cabret” (a ser lançado) e “John Watson2” (filmando)

Prêmios e indicações

1994: Premiado com o Ian Charleson Award de teatro como Excelente Estreante na peça “Indiscretions".
1995: Indicado ao Tony Award como Melhor Ator na peça “Indiscretions"; ganha o Theatre Word Award pela peça “Indiscretions".
1999: Indicado ao Oscar e ao BAFTA de Melhor Ator Coadjuvante por "O Talentoso Ripley" e ao MTV Movie Awards como Melhor Desempenho Musical em "O Talentoso Ripley".
2000: Indicado ao Globo de Ouro como Melhor Ator Coadjuvante em “O Talentoso Ripley".
2001: Indicado ao Globo de Ouro como Melhor Ator Coadjuvante em "A.I. - Inteligência Artificial".
2003: Indicado ao Oscar, Globo de Ouro e BAFTA de Melhor Ator por "Cold Mountain".
2004: Indicado ao MTV Movie Awards na categoria Melhor Beijo por "Capitão Sky e o Mundo do Amanhã".
2006: Indicado ao MTV Movie Awards na categoria Melhor Beijo em "O Amor Não Tira Férias".
2010: Indicado ao Tony Award como Melhor Ator coadjuvante na peça “Hamlet”.

Espetáculos

1993: “Pygmalion”
1995: “Les Parents Terribles” (em seguida “Indiscretions, na Broadway).
1999: “Tis Pity She’s a Whore"
2002: “Doctor Faustus”
2009: “Hamlet”

Produções

2004: “Capitão Sky e o Mundo de Amanhã”
2007: “Um Jogo de Vida ou Morte”

 

Ver de novo