Além da advertência, apresentador poderá ser multado em R$ 246 mil

José Luiz Datena
Band/Divulgação
José Luiz Datena

Acusado de preconceito, o apresentador do “Brasil Urgente”, José Luiz Datena , foi condenado pela Secretaria de Justiça de São Paulo. Ele recebeu uma advertência e poderá ser multado em R$ 246 mil, já que a Defensoria Pública irá recorrer, exigindo o pagamento da indenização.

A confusão ocorreu no programa exibido dia 30 de abril, quando Datena chamou de "travecão safado" um transexual que se envolveu em uma briga e empurrou um cinegrafista da Band. Logo depois, o jornalista se defendeu da acusação de preconceito e disse que referiu-se apenas à agressão, e não à opção sexual do rapaz.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.