"New York Post" repreendeu a modelo por suas declarações controversas

Gisele Bündchen
Claudio Augusto e FotoArena
Gisele Bündchen
Conhecida por suas declarações polêmicas ao longo da carreira, Gisele Bündchen recebeu um “pito” do jornal americano "New York Post" nesse domingo (13). Com a manchete “Cala a boca, Gisele!”, a modelo foi alvo de uma matéria que criticava duramente as opiniões públicas da maior top model do mundo nos ultimos anos.

E tudo por conta da mais recente frase de Gisele que virou manchete mundo afora:  "Eu não coloco esse veneno na minha pele. Não uso nada sintético", disse ela no começo de janeiro sobre o uso de protetores solares durante a coletiva de imprensa de sua linha de cosméticos, a Seeja, no Brasil.

Segundo a publicação, a declaração de Gisele -a qual sua assessoria apontou como um mero engano de tradução -, inspirou-os a fazer uma seleção das melhores pérolas da top - todas repercutidas com muita controvérsia.

Confira...

Reprodução do site do NY Post:
Reprodução
Reprodução do site do NY Post: "Shut up, Gisele"
Sobrepeso na gravidez
“Muitas mulheres grávidas acham que podem se tornar depósitos de lixo. Eu fui consciente do que comi e por isso ganhei apenas 13 quilos”.

Nome do filho
“Queria que ele chamasse River (rio) porque queria um nome que fluísse, fosse imortal. Meu marido disse: ‘de forma alguma ele vai se chamar River’”.

Amamentação
Algumas mulheres acham que não precisam amamentar e eu digo: ‘você vai dar comida química pro seu filho, mesmo ele sendo tão pequeno?’. Na minha opinião, deveria haver uma lei que obrigasse as mães amamentarem seus até os 6 meses”.

Casar virgem
"Hoje ninguém é virgem antes de se casar, me mostre uma virgem!"

Sobre John, o filho do marido, Tom Brady, com a atriz Bridget Moynahan
"Eu entendo que ele tem uma mãe e eu respeito isso. Mas para mim, não é porque alguém o concebeu que ele não é meu filho. Eu sinto como se ele fosse meu 100%”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.