Ator anunciou que tem um projeto ao lado de seu professor de interpretação

Javier Bardem no Oscar 2011
Getty Images
Javier Bardem no Oscar 2011
O ator espanhol Javier Bardem deixou claro seu amor pelo teatro ao afirmar, nesta quinta-feira (12), que não descarta voltar aos palcos. A declaração veio durante sua participação em uma atividade do Ano da Espanha na Rússia, em Moscou.

Em uma entrevista coletiva concedida ao lado do diretor teatral argentino Juan Carlos Corazza , seu professor de interpretação, Bardem disse à imprensa que ambos têm um projeto para criar um centro de pesquisa e desenvolvimento da arte da interpretação, que haviam anunciado em 2008.

Bardem elogiou o diretor lembrando que no início de sua carreira teve vários professores, mas preferiu continuar sua prática com o argentino.

Em sua conversa com a imprensa, o ator também se mostrou aberto a receber convites de diretores russos para atuar no cinema do país. "Aceito propostas", afirmou. Apesar de ter admitido que conhece pouco o cinema russo atual, destacou o diretor Nikita Mikhalkov e não poupou elogios ao seu filme "Queimados pelo Sol".

Questionado sobre a facilidade dos atores espanhóis no gênero dramático, o vencedor do Oscar de Melhor Ator por "Onde os Fracos Não Têm Vez" disse: "Temos temperamento, nós gostamos de drama e de tragédia, mas também rimos muito".

Com relação à sua vida pessoal, a imprensa russa não se conteve e perguntou se há 20 anos passaria por sua cabeça se casar com a atriz Penélope Cruz . O ator respondeu com um breve "não".

Durante sua estada em Moscou, o ator ainda vai participar no domingo (15) de uma oficina dirigida por Corazza intitulada "O ator: preparação e criação", no qual profissionais do teatro espanhol e russo trocarão opiniões e experiências.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.