O rapper deverá cumprir 28 meses em regime fechado, por sonegar impostos ao governo americano

Ja Rule
GettyImages
Ja Rule
O rapper Ja Rule , cujo nome verdadeiro é Jeffrey Atkins , foi sentenciado nessa segunda-feira (18) a 28 meses de prisão, em regime fechado, por sonegar mais de US$1 milhão (cerca de R$1,7 milhões) de impostos para o governo americano. Já vestindo uniforme de prisioneiro, o cantor alegou não ter tido nenhuma intenção de enganar o governo. "De forma alguma quis fazer algo de errado contra as autoridades de meu país”.

Siga o Twitter do iG Gente e acompanhe as notícias das celebridades em tempo real

Durante a sentença, Ja Rule afirmou à juíza Patty Shwartz, que presidiu a seção judicial, que ele não estava a par de tudo que estava acontecendo. “Eu estou ficando assustado com esses valores, eu não sabia de tudo isso”, disse. "Eu não tinha pessoas para me ajudar, por isso cometi erros", completou o rapper.

De acordo com o jornal “Daily Mail”, o cantor sonegou impostos de 2004 a 2008, e a quantia total foi em torno de US$4 milhões (cerca de R$5 milhões). Apesar de a promotora reconhecer o talento de Ja Rule - "abençoado com criatividade" – ela enfatizou que os americanos têm que cumprir a lei do país e que caso não o façam merecem ser condenados. “Os contribuintes não têm o luxo de decidir se devem cumprir com as leis ou não. Eles são obrigados", disse ela.

VEJA : Os 10 mais arruaceiros do show biz

O rapper americano já cumpria em liberdade condicional a pena de 2 anos por porte ilegal de arma. Na ocasião, Ja Rule, um pouco mais nervoso que o de costume, deixou escapar na corte. "A vida real é uma fantasia, não estou nem aí para essa porcaria de fama”. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.