Rei do futebol ganha documentário sobre sua vida no cinema e relembra momentos de sua carreira em festival de Pernambuco

Depois de ser ovacionado por 3.000 pessoas na abertura do Cine PE, que aconteceu na noite deste sábado (30), Edson Arantes do Nascimento , o Pelé , se reuniu com a imprensa para uma coletiva especial sobre o documentário “Cine Pelé”. O encontro aconteceu no domingo (01) no Hotel Golden Tulip Recife Palace, horas após o rei do futebol ser homenageado pelo festival e receber a estatueta da Calunga de Ouro. 

Pelé recebe homenagem em festival de cinema
Andrea Rego Barros
Pelé recebe homenagem em festival de cinema

Durante uma hora, o ex-jogador falou sobre sua carreira nos campos e no cinema. Mas, antes de responder qualquer questionamento, Pelé aproveitou o momento para dizer que, independente da área de atuação, faz de tudo para não decepcionar as pessoas que o admiram. ”Pode confiar em mim, que não vou decepcionar vocês”, afirmou o rei. Pronto para as respostas, o ex-jogador começou falando do novo documentário sobre sua vida. Este, focado mais em sua história no cinema e na música do que no futebol.

Pelé com foto de Brigitte Bardot
Daniela Nader
Pelé com foto de Brigitte Bardot
Com violão a postos, Pelé canta composições próprias e fala sobre as várias experiências que teve no cinema. “Eu não fiz mais filmes porque o futebol não dava tempo para os estudos. Se tiver tempo, toda vez que tiver uma história boa, vou aceitar”, afirmou o jogador, mostrando que mesmo aos 70 anos, ainda tem fôlego para muito trabalho pela frente.

No documentário, ele relata como foram os encontros com alguns artistas internacionais dentro ou fora dos estúdios. Um momento marcante é quando ele fala sobre sua emoção ao entrar em campo acompanhado de Brigitte Bardot . A atriz foi a responsável por dar um chute inicial da uma partida do Santos contra a França em 1971. Para o espanto do jovem jogador, que ficou tremendo quando viu sua musa, ela apareceu de short para a empreitada. “Naquela época, uma garota como a Brigitte Bardot vir abraçar o Pelé de shortinho, foi difícil pra entrar em campo depois”, confessou. 

"Cine Pelé"

Pelé
Daniela Nader
Pelé
O mais recente documentário sobre a vida de Pelé foi apresentado durante a abertura da 15ª edição do Cine PE, na noite deste sábado (30). Assim que entrou no auditório, Pelé foi ovacionado. Mas nada se comparou ao barulho feito pela plateia quando ele apareceu nu em uma cena com Thereza Raquel no filme “Pedro Mico”. Na fita, Pelé conta que ficou bastante constrangido em fazer esta cena, pois Thereza era mulher do diretor do filme, Ipojuca Pontes . “Fiquei uma tarde inteira repetindo a cena. Eu não estava muito preparado ainda”, confessou.

Wagner Moura

Além de Pelé, Wagner Moura também foi homenageado no festival. Como não pode comparecer, foi representado por sua mãe. Alderiva Moura representou o filho na primeira noite do festival e subiu ao palco para buscar a estatueta de homenagem. O ator, que poucas horas antes da abertura do evento gravava em Paulínia, interior de São Paulo, não conseguiu embarcar para Recife devido a problemas técnicos no aeroporto de Campinas. “É difícil falar. Estou emocionada com essa homenagem que fizeram para meu filho. Ele está arrasado de não estar aqui com vocês, pois esse prêmio é muito importante para ele”, declarou a mãe do ator, que foi homenageado por seus trabalho dedicado ao cinema nacional.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.