Hubs de Gente

enhanced by Google
 

Hebe Camargo

Posição no Ranking dos famosos:
Compartilhar:
  • Nome

    Hebe Camargo

  • Idade

    82 anos (08/03/1929)

  • Naturalidade

    Taubaté, São Paulo

  • Signo

    Peixes

  • Status

    Viúva

Hebe Camargo queria ser cantora, mas se destacou na televisão. Começou na TV Tupi em 1950, cantando, e está no ar até hoje, como apresentadora, no SBT, entrevistando convidados de maneira informal, em formato que adota desde 1966. Com bom humor constante, Hebe é conhecida por dar selinhos nos convidados do programa. Hebe se casou duas vezes, mas está viúva desde a morte de seu segundo marido.

Ler biografia completa

FAMOSOS RELACIONADOS

  • Luciana Gimenez
  • Luciano Huck
  • Adriane Galisteu
  • Gilberto Gil
  • Daniel
  • Silvio Santos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Todas as notícias

Hebe Camargo no Twitter

  • pinkshimizu Quiz: Quem é mais velha Hebe Camargo ou Madonna?? (dica: ela é cantora)
  • pinkshimizu Quiz: Quem é mais velha Hebe Camargo ou Madonna?? (dica: ela é cantora)
  • rodrigomidon @MarceloTas #topfive, Sílvio Santos chamando participante do programa de Hebe Camargo gorda! O velho está "gaga"!!!
  • rodrigomidon @MarceloTas #topfive, Sílvio Santos chamando participante do programa de Hebe Camargo gorda! O velho está "gaga"!!!
  • MrBrunoBC @a_line__ hauhsuhas, realmente, comparado ao Faustão sou uma Hebe Camargo rsrs
Siga o Twitter do iG Gente

Biografia completa de Hebe Camargo

BIOGRAFIA

“Que gracinha!” – este é o bordão nacional criado por Hebe Camargo, a apresentadora que mais tempo está no ar desde que a TV brasileira existe (desde 1966). Ela integrava o grupo que foi ao porto de Santos buscar o equipamento para formar a primeira emissora brasileira, a TV Tupi, canal 4, inaugurada em 1950. Seu fundador, o empresário Assis Chateaubriand, a convidou para cantar o “Hino da Televisão”, na primeira transmissão ao vivo. Ela faltou e foi substituída por Lolita Rodrigues. As duas são amigas até hoje.

A garota originalmente morena com grossas sobrancelhas – tipo Malu Mader – nasceu em Taubaté, mas mudou-se para São Paulo nos anos 1940, quando seus pais, dona Ester e o senhor Sigesfredo Monteiro de Camargo (apelidado de “seu Feguinho”) foram para a metrópole. A mãe era dona de casa e o pai foi violinista de cinema mudo.

Hebe queria ser cantora, mas trabalhou como doméstica e sempre ia a emissoras de rádio imitar Carmem Miranda. Assim foi ficando conhecida no meio, até que resolveu arriscar de vez e formou uma dupla com sua irmã: eram Rosalinda e Florisbela. O arranjo durou pouco tempo. Depois, veio um quarteto, ela, a irmã e duas primas. Todas foram casando e o quarteto foi por água abaixo.

Hebe continuou firme na tentativa de se tornar cantora e se envolveu com a turma que engendrou a primeira emissora de TV no Brasil. No rádio já era a Estrelinha do Samba, a Estrela de São Paulo, e na TV Tupi, canal 4, apresentou-se num dueto com Ivon Curi, no programa “Rancho Alegre” (1950). Ela aparece sentada em um balanço e as imagens estão gravadas. É uma relíquia da TV brasileira.

Fez participações esporádicas até conseguir seu próprio programa, em 1958, chamado “O Mundo É das Mulheres”, apresentado no canal 5, TV Paulista (hoje, Globo). Já se colocava como entrevistadora em um programa de variedades. Foi um sucesso. Hebe ficou no ar até 1964, quando abandonou a TV para se casar com o empresário Décio Capuano. Desta união nasceu seu filho Marcello (20.09.1965).

Mas a distância da TV não durou muito. Em 1966, Hebe estreou o programa dominical que levava seu nome, “Hebe Camargo”, na TV Record, canal 7. Foi sua consagração como apresentadora e o formato, entrevistas feitas em seu sofá, como uma sala em casa, ficou consolidado para sempre. A trilha sonora ficava por conta de Caçulinha e seu Regional.

Ela entrevistava todo mundo: pelo seu sofá passaram Martinha, Erasmo Carlos, Tony Tornado, Danuza Leão, Elis Regina, Roberto Carlos  e astros internacionais, como Jonathan Harris (o doutor Smith, de Perdidos no Espaço), Sammy Davis, Jr, Julio Iglesias, Enrique Iglesias, Shakira, Gloria Estefan. Até em Pe Lanza, da banda Restart, ela recentemente deu um selinho. Além das entrevistas, Hebe promoveu em seus primeiros tempos na TV debates sobre temas como desquite, erotismo, fofoca, macumba.

Seu programa teve nomes variados e frequentou todas as emissoras do país, da extinta TV Tupi, canal 4, à TV Bandeirantes, canal 13. Atualmente, é exibido semanalmente no SBT, onde está desde 1986. Em 22 de abril de 2006, comemorou seu milésimo programa na TV brasileira. No SBT, seu programa é exibido às segundas, 21h.

Em 1995, a gravadora EMI lançou um CD com os sucessos de Hebe como cantora. Recentemente, após submeter-se a tratamento quimioterápico para recuperação de câncer, ela anunciou a gravação de um DVD com participação de Fábio Jr., Leonardo, Daniel, Chitãozinho e Xororó, Bruno e Marrone, Maria Rita e Gilberto Gil. Além das imagens do show, será lançado um CD com participação de personalidades como Roberto Carlos e Ivan Lins.

Hebe Camargo já foi alvo de muitas críticas feitas pela intelligentzia guardiã da cultura nacional nos tempos do regime militar. Afinal, em meio à polarização que existia no país entre partidários das chamadas “direita” e “esquerda”, só se falava naquela loira estabanada e considerada inculta, diante da qual se sentaram grandes personalidades nacionais e internacionais para debater temas controversos: além das entrevistas, Hebe promovia debates sobre erotismo, fofoca, macumba, entre outros tantos assuntos considerados sem pé nem cabeça.

Mas hoje, em tempos menos radicais, Hebe tornou-se unanimidade nacional. Provocou comoção na população quando foi internada, em janeiro de 2010, para tratar um câncer na região abdominal, Hebe saiu dias depois do Hospital Albert Einstein direto para os braços da multidão que a esperava do lado de fora. Deu entrevista exclusiva sobre o assunto para o “Fantástico”, da TV Globo, rival do SBT. Afinal, Hebe Camargo representa a TV brasileira, e é personalidade maior que qualquer disputa entre emissoras.

<span>Nos anos 60, Hebe e Pelé</span> - <strong>Foto: Reprodução</strong> <span>Hebe segue o mesmo formato do seu programa desde 1966</span> - <strong>Foto: Divulgação</strong> <span>Hebe Camargo durante a gravação de seu especial de Natal de 2010</span> - <strong>Foto: Divulgação SBT</strong> <span>Hebe e Sílvio Santos durante a gravação do Teleton</span> - <strong>Foto: Divulgação/SBT</strong> <span>Pose para o selinho, de vestido de mangas longas todo brilhante e brincos de diamante</span> - <strong>Foto: Divulgação</strong> <span>As pernas de fora (sempre de maneira elegante e sofisticada) são marca registrada de Hebe Camargo. O vestido zebrado confirma o estilo perua assumida</span> - <strong>Foto: Divulgação</strong> <span>Hebe dá um selinho no ex-polegar Rafael Ilha</span> - <strong>Foto: Divulgação</strong> <span>Hebe tasca um selinho no rei Roberto Carlos</span> - <strong>Foto: AgNews</strong>

Na TV

1950 – Aparições na TV Tupi
1958-1964 – O Mundo É das Mulheres – TV Paulista, canal 5
1966 – Hebe Camargo – TV Record, canal 7
1975 – Hebe Camargo – TV Tupi, canal 4
1979 – Hebe Camargo – TV Bandeirantes, canal 13
1986 – Hebe Camargo – SBT

Participações especiais

Na TV Record

1968 - Romeu e Julieta, especial com Ronald Golias
1968 - César e Cleópatra
1970 – As Pupilas do Senhor Reitor (no papel da fadista Magali Pinto)

No SBT

1990 – Romeu e Julieta versão 2
1995 – Escolinha do Golias
2001 – SBT Palace Hotel
2003 - Romeu e Julieta versão 3

Na GLOBO

2000- TV Ano 50
2009- Elas Cantam Roberto
2010- Fantástico

Cinema

1949 – Quase no Céu
1951 – Liana, a Pecadora
1960 – Zé do Periquito
2000 – Dinossauro (dublagem da personagem Baylene)
2005 – Coisa de Mulher
2009 – Xuxa e o Mistério de Feiurinha

Música

1959 – Hebe e Vocês
1961 – Festa de Ritmos
1966 – Hebe Camargo
1995 – Maiores Sucessos
1998 – Pra Você
2001 – Como É Grande o Meu Amor Por Vocês
2007 – As Mais Gostosas de Hebe
2010 – Hebe Mulher

Hebe Camargo sempre foi conhecida por risadas incontroláveis, criar bordões, seu sotaque paulista e ter joias, muitas joias, que ela jamais deixou de usar. Em maio de 2008 sua casa foi assaltada e suas joias foram roubadas. Ela se lamentou na TV: “Eu trabalhei duro para comprar cada uma daquelas joias”.

Mas nem todas se foram, e na mesma semana, estava reluzente como sempre nas telas de TV. Hebe tem uma coleção suficiente para cobrir o chão de um cômodo inteiro. São diamantes, pérolas e esmeraldas. Sua maior joia é uma esmeralda de 60 quilates. Seu salário já foi de 1,5 milhão de reais. Silvio Santos renovou seu contrato com uma redução, segundo consta. “Continuo ganhando muito bem”, ela diz.

Na década de 1960, divórcio era ainda um tabu, mas Hebe permaneceu poucos anos casada com o industrial Décio Capuano, pai do seu filho Marcello (20.09.1965). Casou-se em 1964, aos 35 anos, e assinou o divórcio em 1971. Em 1973, casou-se com Lélio Ravagnani (1921-2000).

A apresentadora não admite casar de novo, mas declara que sente atração eterna por Roberto Carlos. “Lindo de viver!” – outra de suas famosas expressões.

Além das frases de efeito, Hebe costuma dar selinhos em seus convidados, que às vezes se assustam. Silvio Santos já foi brindado, Rita Lee, Julio Iglesias, e mais recentemente Pe Lanza (Restart), Patrick Dempsey, entre outros.

Na virada do ano, em 2010, Hebe Camargo sentiu-se mal durante o Reveillon em Turks and Caicos, a uma hora e meia de Miami, nos Estados Unidos. De volta ao Brasil, descobriu que tinha nódulos no peritônio, que foram diagnosticados como malignos. Após a retirada e quimioterapia, os médicos do Hospital Albert Einstein, onde foi atendida, declararam que Hebe está recuperada do câncer. De fato, a apresentadora circulou em eventos com uma charmosa peruca, mas seu cabelo natural já voltou a crescer. E Hebe está de novo loiríssima e reluzente, com seus saltos altos, joias enormes e risada irresistível.
 

Ver de novo