Hubs de Gente

enhanced by Google
 

Gwyneth Paltrow

Posição no Ranking dos famosos:
Compartilhar:
  • Nome

    Gwyneth Paltrow

  • Idade

    38 anos (27/09/1972)

  • Naturalidade

    Los Angeles (Estados Unidos)

  • Signo

    Libra

  • Status

    Casada com Chris Martin

Gwyneth Paltrow nasceu em família de artistas. A afilhada de Steven Spielberg abandonou a faculdade de artes para tentar a carreira no cinema. Aos 19 anos estreou com uma ponta em “Dois Corações, Uma Só Batida”. Os holofotes se voltaram para Gwyneth em “Seven – Os Sete Pecados Capitais”. Gwyneth ganhou o Oscar de Melhor Atriz por “Shakespeare Apaixonado”. Ela é casada com Chris Martin, vocalista do Coldplay, com quem tem dois filhos.

Ler biografia completa

FAMOSOS RELACIONADOS

  • Angelina Jolie
  • Jennifer Aniston
  • Madonna
  • Oprah Winfrey
  • Brad Pitt
  • George Clooney

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Todas as notícias

Gwyneth Paltrow no Twitter

  • RenaataKl Leighton Meester e a Gwyneth Paltrow estão muito lindas no filme, pqp
  • RenaataKl Leighton Meester e a Gwyneth Paltrow estão muito lindas no filme, pqp
  • victorrfranca Tava vendo esse vídeo e eu nem ninguém entende até hoje como Fernanda Montenegro perdeu para Gwyneth Paltrow o Oscar http://t.co/zSSigNj
  • lalibrigido Agora assistirei "Onde o amor está", com Gwyneth Paltrow e Leighton Meester. Outras lindas!!!
  • lalibrigido Agora assistirei "Onde o amor está", com Gwyneth Paltrow e Leighton Meester. Outras lindas!!!
  • gibonjardim "James, acabei de fazer uma daquelas depilações de bikini brasileiro." Gwyneth Paltrow em Country Strong. TAMO BEM BRASIL.
  • renatokcd Gwyneth Paltrow, mas é duro crer que a Fernanda Montenegro tenha perdido o Oscar.Gwyneth (Shakespere in Love) não chega aos pés da Fernanda!
  • renatokcd a Gwyneth Paltrow, mas é difícil aceitar que a Fernanda Montenegro tenha perdido o Oscar. Shakespere in Love não chega aos pés desse filme
  • _JuvenalAntena Maçã, Urso, Domingo… Confira os nomes mais estranhos dos filhos de famosos: Gwyneth Paltrow, Mariah Carey, Vict... http://glo.bo/ouwtTc
Siga o Twitter do iG Gente

Biografia completa de Gwyneth Paltrow

BIOGRAFIA

Nascida em uma família de celebridades do mundo do entretenimento, Gwyneth Paltrow já demonstrava interesse pela carreira artística desde a infância. O pai, Bruce Paltrow, diretor de cinema e produtor de sucesso da televisão norte-americana, e a mãe Blythe Danner, atriz de cinema, fizeram de tudo para que filha seguisse outros caminhos, sem sucesso.

Mesmo estudando em uma escola de elite para meninas, a adolescente ocasionalmente acompanhava a mãe em alguns papéis. Mais tarde, após um ano de estudos de História da Arte na Universidade da Califórnia, Gwyneth abandonou a faculdade para se lançar na carreira cinematográfica, onde atuou pela primeira vez como atriz de fundo no filme protagonizado por John Travolta, “Dois Corações, Uma Só Batida”, de 1991.

Vendendo a imagem da “loira americana”, procurou orientar sua carreira com profissionalismo e inteligência ao selecionar bem seus papéis e investir com sua mãe em uma variedade de filmes independentes ou de baixo orçamento. Mas, um trabalho que lhe garantiria projeção chegou a suas mãos através do padrinho e diretor Steve Spielberg. A oferta de participação em “Hook - A volta do Capitão Gancho” com o já famoso Robin Williams, filme em que a jovem atriz interpretou a célebre menina Wendy, não foi pouca coisa.

Gwyneth ainda faria vários papéis secundários e sem projeção até despontar em “Unha com Carne”, filme com Dennis Quaid e Meg Ryan de 1993, e no papel da esposa de Brad Pitt  no eletrizante filme “Seven - Os Sete Crimes Capitais”, de 1995. Contracenar com o queridinho das adolescentes da época lhe traria fama internacional, mais pelo seu envolvimento amoroso com o protagonista Brad Pitt  do que por sua atuação. Graças a seu impecável desempenho em “Emma”, a atriz receberia um convite para atuar como a enamorada Viola em “Shakespeare Apaixonado”, o que lhe renderia, por fim, o mais cobiçado prêmio da carreira cinematográfica: o Oscar de melhor atriz de 1998.

Desde então, Gwyneth Paltrow tem contado com cachês elevados e a liberdade de selecionar roteiros que geralmente se enquadram em filmes mais sérios e profundos, mas com grande potencial de bilheteria. Recentemente filmou “Country Strong”, programado para ser lançado em 2011 na Alemanha e já está participando da filmagem de outra produção denominada “Contagion”, também prevista para o ano que vem.

<span>Em 2000, no filme ´´Duets``, onde mostrou que não só sabe atuar, como também cantar</span> - <strong>Foto: Grosby Group</strong> <span>Em 2000, com Matt Damon na festa após a première do filme ´´O Talentoso Ripley``</span> - <strong>Foto: Grosby Group</strong> <span>Em 1998, emocionada em receber o Oscar por sua atuação em ´´Shakespeare Apaixonado``</span> - <strong>Foto: Divulgação</strong> <span>A atriz, com sua amiga Madonna</span> - <strong>Foto: Grosby Group</strong> <span>Em sua casa em Manhatan, Nova Iorque</span> - <strong>Foto: Divulgação</strong> <span>Com o marido Chris Martin, do Coldplay, e a filha Apple, logo após seu nascimento</span> - <strong>Foto: Grosby Group</strong>

“Pediram-me para terminar uma reunião no quarto”, declarou Gwyneth Paltrow em entrevista concedida à revista Elle em outubro de 2010. A atriz falava sobre suas experiências de início de carreira, revelando qual tinha sido sua primeira recusa no mundo do cinema. Justamente por não ter travas na língua, Gwyneth já foi alvo de muitas críticas. As polêmicas se intensificaram com declarações de grande simpatia aos ingleses frente às críticas negativas que lançou sobre o comportamento peculiar dos norte-americanos, embora desmentidas por ela posteriormente.

Mais esperta do que pode parecer, porém, a atriz se mantém em alta. Sempre rodeada por ilustres amigas como Madonna, Maya Rudolph (do famoso show "Saturday Night Live" de 1975), Stella McCartney, Cameron Diaz  e Liv Tyler, Gwyneth consegue chamar a atenção dos holofotes mesmo com uma postura elegante. Sem falar em sua rica família de artistas como seu irmão Jake Paltrow, diretor de cinema, seu tio Harry Paltrow, ator, seus primos Katherine Moennig e Hillary Danner, também atores, e, naturalmente, seu padrinho Steve Spielberg, diretor de cinema.

A morte do idolatrado pai Bruce, em 2002, abalou Gwyneth Paltrow em demasia. Contudo, duas semanas depois ela já iniciava as filmagens de “Sylvia”, uma dramatização da vida da poeta depressiva Sylvia Plath. Uma oportunidade que veio a calhar com seu próprio estado de espírito naquele momento. Menos de um ano se passou e, acusando Hollywood de ser dominada por “machistas”, Paltrow deixou a América e estabeleceu-se em um apartamento milionário em Londres onde viveria com seu marido, Chris Martin (vocalista do Coldplay e pai de seus dois filhos, Apple e Moses) a partir de 2003. Logo após se casar, diminuiu o ritmo de trabalho eliminando apresentações em espetáculos por dois anos para se dedicar melhor à família.

O casamento propiciou um período de “calmaria amorosa” em relação aos relacionamentos anteriores, tempos em que se envolveu com os atores Robert Sean Leonard, Mark Wahlberg, Ben Affleck (a quem deu um relógio de 21 mil dólares de presente), James Purefoy, Luke Wilson e Walter Salles - sem falar em supostos affairs com o príncipe espanhol Felipe de Bourbon, príncipe Nicholas da realeza grega e príncipe Albert II de Mônaco. Mas seria principalmente pelo seu noivado de dois anos com Brad Pitt (união que causou furor na mídia) que a atriz mostraria ao público o que significava uma estrela com o coração partido.

A atriz conheceu Brad Pitt  em 1995, durante as filmagens de “Seven”. Ela tinha apenas 22 anos, e ele era oito anos mais velho, mas o namoro durou dois anos com direito à aliança de noivado e diversas aparições na mídia. Em 1997, logo após o fim do relacionamento, o ator começou a ser visto passeando com Jennifer Aniston, com quem se casaria depois. Gwyneth afirmou mais tarde que a separação marcou sua vida para sempre, quase tão intensamente quanto a morte de seu pai. O atual marido da atriz também revelou recentemente que se sente inseguro sendo o marido de alguém que já se envolveu com Brad Pitt.

Praticante de yoga e defensora da dieta macrobiótica, a atriz é solidária aos “mais fofinhos”, desde que passou por experiências desagradáveis quando incorporou uma mulher obesa no filme “O Amor É Cego”, em 2001. Segundo ela, as pessoas se recusavam a olhá-la nos olhos e a tratavam rudemente. Fala fluentemente espanhol, uma vez que passou várias temporadas de férias na Espanha em sua adolescência e fez muitas visitas posteriores, mas “arrasta” o francês. Por acentuar o inglês britânico em alguns filmes e viver na Inglaterra, muitos pensam que Gwyneth é uma atriz inglesa.

Gwyneth não precisaria de muito para se tornar conhecida do público: era filha de celebridades e seu padrinho era ninguém menos do que o diretor Steven Spielberg. Entretanto, foi apenas o relacionamento com o ator Brad Pitt, a partir do filme “Seven – Os Sete Crimes Capitais”, que sua carreira seria lançaria a outro patamar, conseguindo papéis de destaque. O Oscar de Melhor Atriz pelo filme “Shakespeare Apaixonado”, de 1998, a consagrou.
Seu trabalho inclui muitos filmes, alguns documentários, frequentes apresentações em programas de TV como apresentadora, atriz convidada ou entrevistada, além de dublagens.

Filmes

1991: “Dois Corações, Uma Só Batida”, “Hook - A volta do Capitão Gancho”
1992: “Cruel Doubt”
1993: “Malícia”, “Unha com Carne”
1994: “O Círculo do Vício”
1995: “Jefferson em Paris”, “Seven - Os Sete Crimes Capitais”, “O Jogo da Verdade”
1996: “Jogada de Risco”, “Amigo Desconhecido”, “Emma”
1997: “Thomas Jefferson" (mini-série de TV, voz)
1998: “Out of the Past” (voz), “De Caso com o Acaso”, “Grandes Esperanças”, “Relação Mortal”, “Um Crime Perfeito” e “Shakespeare apaixonado”
1999: “O Talentoso Ripley”
2000: “Duets - Vem Cantar Comigo” e “Mais Que o Acaso”
2001: “Aniversário de Casamento”, “Os excêntricos Tenenbauns” e “O Amor É Cego”
2002: “Procurando Debra Winger” (documentário), “Austin Powers em o Homem do Membro de Ouro” e “Possessão”
2003: “Voando Alto”, “Sylvia - Paixão Além das Palavras”
2004: “Capitão Sky E o Mundo de Amanhã”
2005: “Proof - Entre o Gênio e a Loucura”
2006: “Confidencial”, “Amor e Outros Desastres”, “Recortes da Minha Vida”
2007: “Sonhando Acordado”
2008: “Homem de Ferro”, “Amantes”, “Valentino - O Último Imperador”
2009: “Homem de Ferro 2”
2010: “Country Strong” (a ser lançado em 2011 na Alemanha)
2011: “Contagion” (filmando)

Prêmios e indicações

1996: Indicada ao Saturn Award de Melhor Atriz Coadjuvante em “Seven - Os Sete Crimes Capitais”.
1997: Recebe o Golden Satellite Award de Melhor Atriz de Comédia/Musical por “Emma”.
1998: Ganha o SAG Award de Melhor Atriz por “Shakespeare Apaixonado” e o Golden Aries de melhor atriz estrangeira em “De Caso com o Acaso”.
1999: Leva o Oscar e o Globo de Ouro de Melhor Atriz por “Shakespeare Apaixonado”, e seis indicações: BAFTA, CFCA Award, Empire Award, FFCC Award, MTV Movie Awards e Blockbuster Entertainment Award (Melhor Beijo por “Shakespeare Apaixonado” e por “Mais Que o Acaso). Leva o MTV Movie Awards de Melhor Beijo por “Shakespeare Apaixonado”. Prêmio Blockbuster Entertainment de Melhor Atriz de Suspense por “Um Crime Perfeito”.
2000: Indicação Blockbuster Entertainment Award de Melhor Atriz de Suspense em “O Talentoso Ripley”.
2001: Leva o Blockbuster Entertainment Award de Melhor Atriz Dramática em “Mais Que o Acaso”.
2002: Prêmio London Evening Standard Theatre Award de Melhor Atriz na peça teatral "A prova”.
2006: É indicada ao Globo de Ouro de Melhor Atriz de Drama por “Proof - Entre o Gênio e a Loucura”.
2009: Indicada ao Saturn Award de Melhor Atriz por “Homem de Ferro”.

 

 

Ver de novo