Jornalista contou que Laura e Maria, de 3 e 4 anos, preferem ver DVD e brincar com os amiguinhos: "Estão vivendo o tempo delas"

Glória com as filhas, Maria e Laura
Claudio Augusto
Glória com as filhas, Maria e Laura
Glória Maria levou as filhas Laura e Maria, de 3 e 4 anos, para assistir ao espetáculo "Bob Esponja" na tarde deste sábado (10), em São Paulo. Logo que chegaram ao espaço recreativo montado especialnente para as crianças, as duas foram logo brincar de 'massinha' e mostrar todos os seus feitos para a mamãe.

"Elas são crianças normais, bacanas, criiativas, espertas, felizes. Acima de tudo, são crianças e isso me deixa muito tranquila. Elas estão vivendo o tempo delas", disse Glória Maria, orgulhosa de suas meninas.

Siga o iG Gente no Twitter e receba notícias dos famosos em tempo real

Glória Maria fala sobre as filhas:
Claudio Augusto
Glória Maria fala sobre as filhas: "Acho que elas são muito pequenas, vão ter muito tempo para ver TV, mas por enquanto não"
A jornalista contou ainda que as filhas são muito parecidas com ela e que desde pequenas têm uma personalidade forte. "A Laura tem um poder de observação e crítica. As duas cantam bem, como eu. A Maria é muito engraçada, tem senso crítico, olha para mim e fala 'mamãe, esse sapato está feio' (risos)", relatou.

E uma curiosidade: Glória Maria revelou que as filhas não veem televisão. "Acho que elas são muito pequenas, vão ter muito tempo para ver TV, mas por enquanto não. Elas têm que curtir e viver o mundo delas, são crianças. Assistem tudo quanto é dvd, adoram 'Sítio do Pica-Pau Amarelo', 'Galinha Pintadinha'. Mas TV aberta ou até canais voltados para crianças não veem de jeito nenhum. O negócio delas é brincar com os amiguinhos!", explicou.

Leia Ainda: "Nunca mais vi o Fantástico", diz Glória Maria sobre Patrícia Poeta e Renata Ceribelli

Mudanças na Globo

Glória Maria preferiu não comentar sobre as últimas mudanças realizadas no jornalismo da Globo, como Patrícia Poeta ter saído do "Fantástico" e ter entrado no lugar de Fátima Bernardes no "Jornal Nacional" . "Não me pergunte disso, sabe porquê? Eu não tenho ideia. Estou vivendo com minhas filhas, não vejo televisão. Quando essas mudanças aconteceram, eu estava nos Emirados Árabes gravando o 'Globo Repórter. Ganho para trabalhar, não discutir e definir o que é bom ou ruim. Tem um monte de gente que ganha um caminhão de dinheiro para fazer isso. Eu só ganho para fazer o 'Globo Repórter', que eu amo e mais nada!", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.