Ator também revelou que hoje se sente mais realizado escrevendo e dirigindo do que atuando

George Clooney na pré-estreia de seu filme “The Ides of March”
Getty Images
George Clooney na pré-estreia de seu filme “The Ides of March”

O astro George Clooney revelou em entrevista que se considera sortudo por ter feito a maioria dos trabalhos dos quais não se sente orgulhoso logo no início da carreira, porque assim as pessoas não se lembram dessas "bombas" em que ele apareceu.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

"Eu certamente participei de algumas bombas e fiz algumas escolhas estúpidas na minha carreira, a maioria quando estava começando na indústria", confessou o ator. "Eu sou um dos sortudos que fez as besteiras logo no início, quando ninguém ainda estava prestando atenção. Fiz alguns trabalhos bem ruins na televisão, e eu estava péssimo neles", acrescentou.

FOTOS: O tapete vermelho da 69ª edição do Globo de Ouro

O galã de 53 anos ainda admitiu que ultimamente está se dedicando mais à escrever e dirigir do que atuar porque se sente mais criativo dessa maneira. Ele explicou em uma entrevista para o jornal "Daily Telegraph": "Eu tive algum sucesso escrevendo e dirigindo. E eu gostei disso. Fazer essas coisas é muito mais criativo do que apenas atuar. Eu me sinto como um adolescente quando ganha as chaves do carro do pai, e sabe que elas serão tomadas logo, então ele quer aproveitar e dirigir o máximo possível."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.