Marty Singer pediu para que os sites tirassem as imagens do ar senão seriam processados

Scarlett Johansson
Getty Images
Scarlett Johansson
O suspense em torno das fotos nuas de Scarlett Johansson que caíram na rede nessa quarta-feira (15) chega ao fim. O advogado da atriz, Marty Singer , enviou notificações para diversos sites, inclusive para o "TheDirty.com", para que as fotos de nudez fossem tiradas do ar. Se as “imagens privadas roubadas protegidas por direitos autorais” não fossem excluídas, os veículos seriam processados.

VEJA AS FOTOS: Scarlett Johansson nua ou vítima de Photoshop?

De acordo com as publicações internacionais, o advogado confirma que as fotos são verdadeiras. “As fotos são altamente pessoais e privadas, que mostram nossa cliente posando para si mesma em casa, em um estado de nudez e/ou topless”, afirma a carta.

Siga o iG Gente no Twitter e acompanhe todas as notícias sobre sua estrela favorita

Marty completa a carta dizendo que se os sites não cumprirem as determinações, vão sofrer as consequências. “Se você deixar de cumprir, você atuará em perigo próprio. Por favor, dirija-se em conformidade”, concluiu.

O órgão de inteligência americano FBI foi acionado e está averiguando os responsáveis pela roubo do celular da atriz e a divulgação das imagens. Os primeiros blogs que mostraram as imagens dizem que o autor se chama “Anonynous”. Acredita-se que outras artistas teriam seus celulares hackeados, tais como Jessica Alba , Christina Aguilera , Vanessa Hudgens , entre outras.

CASO RESOLVIDO

Segundo informações divulgadas pelo "TMZ" na tarde desta quinta, o FBI já encontrou pelo um dos responsáveis por hackear as fotos de Scarlett. De acordo com o site, a atriz entrou em contato com seu advogado logo após ver as fotos se espalharem por diversos blogs nessa quarta-feira (14). A identidade do envolvido não será divulgada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.