Dirigido por Elias Andreato, o espetáculo reestreia no próximo dia 13 em São Paulo

Nos ensaios com figurino, Giane e Maria Manoella lapidam as marcações de
João Caldas/Divulgação
Nos ensaios com figurino, Giane e Maria Manoella lapidam as marcações de "Cruel", que reestreia dia 13
Com data marcada para voltar à cena no dia 13 de março , o espetáculo "Cruel" (texto do dramaturgo August Strindberg ) está passando por uma "desenferrujada".

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Depois de apenas um mês em cena ("Cruel" estreou no Teatro Faap em junho de 2011), a temporada da peça foi interrompida pelo diagnóstico de que Reynaldo Gianecchini estava doente, com linfoma do tipo não-Hodgkins. "Desde os ensaios ele estava sentindo uns mal estares, ficou um tempo achando que era gripe", diz a assessoria do espetáculo. "Na estreia os sintomas já tinham se agravado, o diagnóstico veio um mês depois."

Agora, intenação, sessões de quimioterapia e um autotransplante de medula depois, o ator retoma seus compromissos profissionais.  

LEIA MAIS: Gianecchini diz que venceu batalha contra o câncer

Uma semana antes da reestreia, os atores (além de Giane, estão no elenco Maria Manoella e Erik Marmo ) têm se encontrado diariamente com o diretor, Elias Andreato , no palco da Faap para retomar a marcação, passar texto, luz. Além do elenco ser o mesmo, os técnicos de som e luz também permaneceram no espetáculo. Vão ensaiar a semana toda, com figurino e tudo.

LEIA TAMBÉM: Gianecchini: “A doença acabou, não existe mais”, diz produtora

O elenco completo: Maria Manoella, Gianecchini e Erik Marmo
João Caldas/Divulgação
O elenco completo: Maria Manoella, Gianecchini e Erik Marmo
"Está todo mundo muito emocionado e muito feliz", diz a assessoria de imprensa do espetáculo. Na peça, Giane faz o marido de Manoella, uma mulher à frente do seu tempo (a peça se passa em 1890), que se apaixona pelo personagem do Erik e fica dividida entre o marido e ele. O marido parte para um jogo psicológico e a envolve na sua "crueldade".

Serviço:

"Cruel"
Teatro FAAP - Rua Alagoas, 903, Higienópolis – São Paulo
Em cartaz de 13 de março a 15 de maio de 2012 - Segunda e terça-feira, às 21h
Telefone: (11) 3662-7233
Valor: R$ 60

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.