Tamanho do texto

De acordo com o site americano The Blast, Kesha afirma em documentos que Katy Perry também foi vítima de estupro pelo produtor Dr. Luke; leia mais

O site americano The Blast divulgou nesta quarta-feira (13), que teve acesso aos documentos legais do processo judicial entre Kesha e Dr. Luke . De acordo com o veículo, entre os registros há uma conversa entre Kesha e Lady Gaga na qual Kesha afirma que Katy Perry também foi vítima do produtor.

Leia também:Drama de Kesha com Dr. Luke continua: "Ofereceram minha liberdade se mentisse"

kesha afirma que Katy Perry também foi estuprada por Dr. Luke
Reprodução
kesha afirma que Katy Perry também foi estuprada por Dr. Luke

Segundo o The Blast, nos documentos Kesha deixa explícito que não foi a única a ser violentada pelo produtor e que Katy Perry também foi estuprada por ele. “Em 26 de fevereiro de 2016, a réu enviou uma mensagem de texto para Stefani Germanotta aka Lady Gaga na qual repetiu as acusações falsas de que Gottwald [Dr. Luke] a estuprou. Nesta mensagem, a réu também afirmou falsamente que Gottwald abusou de Kathryn Hudson aka Katy Perry”, escreveram nos documentos apresentados pelos advogados de Dr. Luke.

Leia também: Jerry Seinfeld nega abraço para Kesha: “Não faço ideia de quem seja”

Luke trabalhou no primeiro álbum de katy Perry “One of the Boys” (2008), nas músicas I Kissed a Girl e Hot n Cold . No “Teenage Dream” (2010), ele produziu Part of Me e Wide Awake . Seu último trabalho com a cantora foi em 2013 no álbum “Prism” com as canções Dark Horse e Roar. Até o momento não há nenhuma acusação de Katy Perry contra o produtor.

Entenda o caso com Kesha

Kesha e  Dr. Luke
Getty Images
Kesha e Dr. Luke


Dr. Luke descobriu Kesha quando ela ainda tinha 18 anos e estava prestes a terminar a escola. O produtor a convenceu, junto da mãe da jovem, a largar a escola, se mudar para a casa dele em Los Angeles e prometeu transformá-la em uma grande estrela. E, por um tempo, fez.

Leia também:Entenda a disputa judicial entre Kesha e Dr. Luke que parou a internet

Apesar das diferenças artísticas, Kesha lançou dois álbuns ao lado de Luke, tendo somado algumas músicas em boas posições nas paradas e tendo construído uma carreira o quão sólida é possível nos dias atuais em que hits são a peça mais importante de um artista. O último álbum de Kesha foi lançado em 2011.

No início de 2014, a cantora se internou em uma clínica de reabilitação devido a transtornos alimentares. Segundo ela, seus problemas começaram depois que Luke falou que ela deveria fazer um regime por parecer uma "geladeira gorda".

Foi na mesma época que Kesha e sua mãe, Pebe, entraram com um processo contra Luke alegando abusos sexuais e psicológicos nos anos em que trabalharam juntos. Segundo a cantora, além dos comentários como a que fizeram ter distúrbios alimentares, o produtor a drogou e a estuprou logo em que ela se mudou para sua casa, aos 18 anos.