Tamanho do texto

De acordo com a atriz, o crime aconteceu em 2016, quando os dois eram vizinhos em Los Angeles e o cantor a agarrou tocando em seus seios

O cantor britânico Seal, de 54 anos, está sendo investigado por agressão sexual pela polícia de Los Angeles. A acusação foi feita pela atriz Tracey Birdsall , de 54 anos, que na época era vizinha do músico. A denúncia veio a público uma semana depois das acusações do cantor contra a apresenteadora Oprah Winfrey , dizendo que ela estaria ciente dos abusos de Harvey Weinstein.

Leia também:Advogado de Stan Lee rebate acusação de assédio: “caráter impecável”

Seal é acusado de agressão sexual por Tracey Birdsall
Montagem por reprodução
Seal é acusado de agressão sexual por Tracey Birdsall

A revelação polêmica de Tracey Birdsall contra Seal foi feita através do site americano TMZ . A atriz contou ao veículo que o abuso sexual ocorreu no ano de 2016, quando ela morava ao lado da casa do cantor, em Los Angeles , Califórnia.

Leia também: Atriz da Disney, Bella Thorne, revela que já foi vítima de abuso sexual

De acordo com Tracey, o caso aconteceu quando ela foi até a cozinha do cantor para pegar um utensílio que havia emprestado, já que os dois eram vizinhos. Ela contou que quando estava no cômodo, Seal chegou e a agarrou tentando beija-la à força.

Em seguida, o músico agarrou os seios da atriz sem seu concetimento, dizendo que ela estaria pedindo a agressão por conta da roupa que estava usando, um shorts e uma regata. Birdsall que não concordou, pediu para que o cantor parasse imediatamente. Depois disso, Seal a convidou para conversar na sala e novamente fez os abusos.

Tracey afirmou que deixou o local em seguida e nunca mais teve contato com o cantor. A atriz disse que resolveu revelar o caso ao TMZ , dois anos depois, após ver as declarações de Seal sobre Oprah Winfrey . Um representante do cantor divulgou em um comunicado oficial que el se declara inocente e que as acusações são falsas.

Leia também: Hollywood em chamas: as atrizes que revelaram a violência nos bastidores

Declarações sobre Oprah Winfrey

Seal alfinetou a apresentadora e atriz Oprah Winfrey após ver seu discurso no Globo de Ouro condenando assediadores. A afronta foi feita através de uma rede social do músico. Em uma montagem ele exibiu duas ocasiões em que Oprah aparece conversando tranquilamente com Harvey Weinstein , o ex-produtor que lidera as acusações de assédios sexuais em Hollywood . “Quando você tem feito parte do problema há décadas, mas, de repente, todos pensam que você é a solução”, escreveu na imagem. E ainda continuou na legenda: "Ah, eu esqueci, é verdade… você já ouviu os boatos, mas você não fazia ideia de que ele estava abusando de jovens e promissoras atrizes que, por sua vez, não sabiam no que estavam se metendo. Foi mal”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.