Filho de Eike Batista vira ídolo em rede social

Aos 15 anos Olin Batista, filho do oitavo homem mais rico do mundo, ganha status de galã entre adolescentes e é tratado como ídolo

Priscila Bessa, iG Rio de Janeiro |

AgNews
Olin passeia com a mãe, Luma de Oliveira, em um shopping carioca
“Peido moeda e cago nota de cem”. É com muito bom humor e sarcasmo que Olin Batista , 15 anos, filho do empresário Eike Batista e da modelo Luma de Oliveira , responde as provocações por seu pai ser o oitavo homem mais rico do mundo – dados da revista americana "Forbes".

Com a mesma ironia, o menino comenta detalhes do seu dia a dia, exagera escrevendo que andaria com mais de 12 seguranças quando vai a uma festa e conta que seu cartão de crédito não tem limite. As informações são divulgadas pelo próprio Olin regularmente em seu perfil em uma rede social, o Formspring (site de relacionamentos que permite que os usuários recebam perguntas de outros usuários ou de pessoas não cadastradas).

ENTREVISTA: Jessica Gunter, namorada de filho de Eike Batista, vive conto de fadas moderno

Filho caçula e, por enquanto, herdeiro menos conhecido de Eike, o rapaz parece exercer o mesmo fascínio que o irmão, Thor , de 20 anos. Olin não dá entrevistas e nem aparece em matérias divulgando novos projetos, entretanto, aos poucos, sai da sombra do pai e do irmão. Enquanto o primogênito começa a enveredar pelo universo dos negócios ao se tornar sócio do empresário Mário Bulhões na primeira filial carioca da boate Pacha – o empreendimento faz parte de seu primeiro projeto, a BBX, empresa no ramo de entretenimento e turismo –, Olin já organiza festas particulares e atrai os olhares de curiosos e “admiradores” que muitas vezes se dizem seus “fãs”.

“Todo mundo tem seu momento em depressão”

O interesse é compreensível se levarmos em conta que a realidade do adolescente é algo inimaginável para quase toda a população mundial – de um total de 7 bilhões de pessoas, existem apenas 1.210 bilionários segundo a Forbes. Em seu perfil no Formspring, Olin afirma não ter um único dia em que não receba mensagens. A maioria são comentários sobre sua vida pessoal. E, surpreendentemente, responde a todo tipo de pergunta, inclusive detalhes íntimos como o que sente pela atual namorada, a modelo Jessica Gunter, de 15 anos, e diz até que já teve depressão. As mensagens de Olin e de seus seguidores na rede social reproduzidas nesta reportagem guardam a grafia original com que foram publicadas: “todoo mundo tem seu momento em depressão , n importa a condição. Claro que uma pessoa com mais condiçao menos chance de se deprimir, mas é inevitavell!”, escreveu Olin.

Também chama a atenção a quantidade de meninas que se declaram para o rapaz. Dependendo da abordagem ele agradece e é até carinhoso com as tietes. Com as mais atiradas, especialmente agora que está namorando, corta ou retruca com um palavrão. A uma das meninas que enviou um post chamando-o de gostoso, devolveu um lacônico “piranha”. A namorada, Jessica, gostou da resposta e postou uma carinha sorrindo na resposta, o que corresponde no Formspring ao “curti” do Facebook. Os dois começaram a namorar no dia 3 de agosto, informação também postada na rede. Aos usuários que fazem comentários duvidando das intenções de Jessica no relacionamento, é taxativo: “Eu sei bem com quem tô namorando”. Olin agradece aos inúmeros elogios que recebe e garante que os comentários positivos são muito importantes para ele.

Príncipe Olin

É também através da rede social que ele decide quem pode ou não estar na lista das festas privadas que organiza. Os eventos, que ele chama de “socis”, comportam entre 400 e 1000 pessoas e acontecem, algumas vezes, em sua casa, no Jardim Botânico, onde mora com a mãe, outras na Marina da Glória ou ainda no barco do pai, o Pink Fleet. Para entrar, se não for amigo do herdeiro de Eike, precisa ser mulher. E bonita. Pelo menos de acordo com o critério do garoto, que pede para as interessadas enviarem fotos ou o link de seus perfis em redes sociais para avaliar cada caso individualmente.

Envergonhadas, algumas delas pedem que ele não responda nada caso não aprove o físico da “candidata” temendo serem rejeitadas por Olin publicamente. Questionado por uma das “súditas” que gostaria de conhecê-lo se no próximo evento também ficaria em um local “separado das outras pessoas” em sua própria festa, comenta: “ficar afastado voce diz pq eu ficava no camarote ne.. !! ahaha vou sim.. pq festa grande assim num e muito bom eu ficar na muvucaa naoo !.. montei um camarote pra min sim ! mas isso nao impedee nada poxaa ”. Na maioria dos posts o rapaz responde a todos com educação e parece não esquentar a cabeça mesmo quando o assunto gira em torno de interesseiros. Ele afirma perceber quando quem se aproxima é apenas um “puxa-saco”.

“Grande a qualquer custo”

Através das respostas com relação à curiosidade geral sobre seu dia a dia é possível conhecer até os hábitos mais simples do garoto, como estudar de manhã (ele tem aulas com um professor particular em casa), e malhar em sua academia particular por volta das 17h30 - segundo ele seu objetivo é “Ficar grandee a qualquer custoo !”. Nos últimos nove meses de postagem Olin conta, entre muitas outras coisas, que não liga para futebol, sua marca preferida é Armani, não curte praia, já sonhou ser um menino “normal”, prefere mulheres mais velhas (de 15 a 30 anos), loiras e altas.

Sua festa de aniversário de 15 anos custou mais de R$ 100 mil e ele garante que o pai desmarca compromissos se preciso para poder ficar com ele e o irmão. Diz que uma série de garotas afirmam ter ficado com ele só para aparecer, que Eike é o melhor pai do mundo e ele estaria ciente de que o filho mantém este perfil no Formspring. O adolescente malha há dois anos, calça 43 e revelou que sua segurança precisou ser reforçada quando houve a invasão do Complexo do Alemão pelas forças nacionais, em novembro do ano passado, episódio que mobilizou o Rio de Janeiro.

Festeiro, desde que começou a namorar Jessica o rapaz parece ter desacelerado um pouco o ritmo de suas "socis". Não raro algum amigo pergunta pela internet quando será o próximo evento, mas ele diz que por enquanto não tem nada programado. Às garotas que quiserem tentar a sorte para chegar perto de Olin, e que estejam dispostas a enfrentar seus seguranças e os limites de seu camarote, resta apenas esperar. E acompanhar o Formspring.

ENTREVISTA: Conheça Jessica Gunter, a namorada de Olin Batista

AgNews
Eike Batista, a namorada, Flávia Sampaio, Olin e Jessica no UFC, na noite de sábado (27)

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG