De mudança para São Paulo, a modelo Stéphannie Oliveira quer se lançar como atriz

Stéphanie Oliveira
Divulgação
Stéphanie Oliveira
Modelo desde os 15 anos, Stéphannie Oliveira decolou no mundo da moda, mas ela quer mais. A filha de Bebeto , o ex-jogador da Seleção Brasileira, irá se lançar como atriz. De mudança para São Paulo na próxima semana, não é a primeira vez que a carioca de 20 anos deixa a casa dos pais no Rio de Janeiro. Por causa do trabalho, Stéphannie já morou na Itália, na China e na França. Em 2007, durante os três meses em que passou em MIlão, o ex-jofador Leonardo , parceiro de seu pai na Seleção de 1994 e diretor do Paris Saint-Germain, abriu as portas da cidade para ela. “O tio Léo foi muito legal comigo, me sentia em casa”.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Na capital paulista, a modelo vai estudar teatro na escola de Wolf Maia e dividirá um apartamento com dois amigos. Stéphannie acredita que não terá problemas de adaptação na nova cidade. “Gosto de acordar e ir pra praia, andar de skate. Vou sentir falta disso, mas adoro São Paulo e tenho muitos amigos lá”, contou ela. Solteira há seis meses, ela avisa que não quer namorar tão cedo. "Estou curtindo muito a minha solteirice", disse, às gargalhadas.

Stéphanie Oliveira
Divulgação
Stéphanie Oliveira

Stéphannie começou a trabalhar como modelo aos 15 anos e no início não tinha muito apoio de Bebeto. “Foi um amigo dele que me levou na agência. Meu pai ficou meio assim no começo, mas hoje ele me incentiva.” A modelo que já desfilou para Oscar de la Renta no desfile na muralha da China e é o rosto do comercial da Garnier, confessa que sua ambição fashion é ser uma angel da Victoria's Secret.

 Apesar da pouca idade, a jovem tem amadurecimento para discernir o que é melhor para sua carreira. “Posaria nua numa boa, sou modelo, não tenho problema em tirar foto pelada. Não digo que nunca vou posar para a “Playboy”, mas não tem a ver com o meu trabalho hoje. Um ensaio nu para o Tom Ford seria diferente”, pondera. "E nem sou gostosa", continua a moça, cheia de modéstia. 

Stéphanie Oliveira
Divulgação
Stéphanie Oliveira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.