Thammy Miranda fala sobre a vida da cantora nos Estados Unidos e conta sobre sua preparação para entrar na política

Thammy Miranda disse que sua mãe é importante aliada na campanha
AgNews
Thammy Miranda disse que sua mãe é importante aliada na campanha
Thammy Miranda , que já adotou o nome artístico Thammy Gretchen , está se preparando para as eleições de 2012. A filha da cantora e dançarina Gretchen está na corrida para o cargo de vereador em São Paulo pelo partido de Agnaldo Timóteo (PR) e, para isso, mudou o visual para passar mais credibilidade aos eleitores. Ela voltou a ser morena depois ficar loira por cinco dias.

Siga o iG Gente no Twitter e acompanhe todas as notícias sobre sua estrela favorita

A intenção era causar polêmica para divulgar a lanchonete do amigo dela. Tudo o que a minha mãe faz vira polêmica"

Disposta a defender a causa LGBT, a DJ de 29 anos, que é homossexual assumida e refere-se a ela mesma no gênero masculino, conversou com o iG Gente sobre os seus preparativos para as eleições. Thammy também aproveitou para falar sobre a guinada na vida de sua mãe, que atualmente mora nos Estados Unidos com três filhos e não pretende voltar ao Brasil tão cedo.

iG: Você vai se candidatar ao cargo de vereador pelo PR. Como surgiu o convite?
Thammy Miranda: Era para eu ter saído como candidato no ano de 2008, mas por problemas de documentação no partido, acabei não conseguindo correr a tempo. Desde então estou me preparando para isso. Este ano recebi um convite do Agnaldo Timóteo para ser candidato pelo partido dele e resolvi aceitar.

iG: Sua mãe está vivendo nos Estados Unidos. Vai contar com o apoio dela em sua campanha?
Thammy Miranda:
Minha mãe disse que vai voltar para o Brasil só para votar em mim, mas vou ver se consigo arrastá-la um pouco antes para poder me ajudar. Graças a Deus minha família está em um momento de muita união e felicidade. Minha mãe é muito importante para a minha candidatura. Eu a considero uma grande formadora de opinião, é uma pessoa muito importante para as mulheres. Ela representa grande parte da população brasileira porque cuidou sozinha de todos os filhos.

Ela está superfeliz lá nos Estados Unidos e não quer voltar a morar no Brasil tão cedo"

iG: Você vai conseguir prestigiar os shows de sua mãe nos Estados Unidos?
Thammy Miranda: Ela já fechou dois shows nos Estados Unidos. Sei que ela vai se apresentar em Nova Jersey no dia 21 de outubro e na praia de Boca Ratón no dia 29. Ela está superfeliz nessa nova fase da vida dela. Mas infelizmente não conseguirei assistir a minha mãe. Estou me empenhando 100% nessa questão da política. Quero fazer tudo certinho.

iG: Recentemente sua mãe participou de uma pegadinha vestida de garçonete. O que realmente aconteceu e como vocês reagiram aos comentários?
Thammy Miranda: A intenção era causar polêmica para divulgar a lanchonete do amigo dela. Realmente tudo o que a minha mãe faz vira polêmica, mas é normal, já estamos acostumados com isso. Na verdade a gente deu muita risada sobre todo esse assunto. A única coisa que ela ficou chateada é que o pessoal menosprezou o trabalho de garçonete. Ela me falou: ‘E se eu tivesse virado garçonete? Qual o problema dessa profissão?’. Ela ficou nervosa só por conta disso, porque é uma profissão digna como todas as outras. Só não esperava que viraria esse comentário todo.

Thammy Miranda: visual moreno para as eleições
AgNews
Thammy Miranda: visual moreno para as eleições
iG: Sua mãe já tentou a carreira política também [Gretchen foi candidada a prefeita de Itamaracá (PE) em 2008 e teve 2% dos votos ]. Ela está empolgada com a sua candidatura? Pensa em tentar novamente?
Thammy Miranda: Ela está superfeliz lá nos Estados Unidos e não quer se candidatar, nem voltar a morar aqui no Brasil tão cedo.

iG: Como vocês estão fazendo para manter o contato?
Thammy Miranda: Minha mãe não levou o telefone dela, e nem nada para lá. Ela está morando com três irmãos meus nos Estados Unidos e a gente se atualiza por MSN, por Skype, essas comunicações por internet. A gente tem se falado bastante e ela está me apoiando em tudo o que preciso.

iG: Como está se preparando para o cargo de vereador?
Thammy Miranda: Sou virginiano, não faço nada pela metade. Desde que o Agnaldo me convidou, vou ao gabinete dele, vejo como é cotidiano na Câmara, quero ver o que consigo fazer em defesa dos gays.

Recebi um convite do Agnaldo Timóteo para ser candidato pelo partido dele e resolvi aceitar"

iG: Além das visitas, fez ou vai fazer algum curso preparatório?
Thammy Miranda: Não acredito nessas coisas. O importante é ter conhecimento do que precisa ser feito. Não adianta chegar lá no palanque e falar bonito, coisas que o povo não entende p*** nenhuma. O bom é falar a língua do povo, ser entendido e saber o que precisa fazer. Muitas pessoas chegam e me falam: ‘Que bom que agora você se candidatou. Agora vai poder ajudar na causa do casamento gay’. Mas isso eu não tenho poder de realizar no cargo de vereador. Quero realizar coisas que estão ao meu alcance, como dar um jeito na Avenida Paulista para que os gays sofram menos agressões. Vamos tentar reforçar o policiamento e realizar estudos para ver o que podemos fazer para diminuir essas ocorrências.

iG: O seu cabeleireiro (Julinho do Carmo)disse que pediu para você voltar a ser morena para passar mais credibilidade ao eleitorado. Você acredita que o visual seja importante?
Thammy Miranda: O Julinho falou que eu não poderia continuar com o cabelo loiro, que eu fiz para o trabalho de DJ. A gente resolveu então escurecer para ajudar a passar mais credibilidade. O visual é importante sim em uma campanha.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.