Apresentadora diz que já recebeu convites insdiscretos e conta que seu programa sobre carros é disputado por duas emissoras

Tânia Oliveira sobre boatos de que panicats seriam garotas de programa:
Claudio Augusto
Tânia Oliveira sobre boatos de que panicats seriam garotas de programa: "O convite sempre aparece, cabe a cada uma aceitar ou não. Eu jamais conseguiria"
A apresentadora e ex-panicat Tânia Oliveira resolveu falar sobre as declarações de Dani Bolina , durante entrevista no "Tudo É Possível", logo após sua saída de "A Fazenda", de que as assistentes de palco do "Pânico na TV!" seriam garotas de programa . "Eu ia ficar quieta, mas acho que rola aquele papo de 'quem cala, consente'", disse Tânia em entrevista exclusiva ao iG Gente .

Ela foi uma das primeiras panicats e trabalhou ao lado de Sabrina Sato , Dani Souza (A Mulher Samambaia), Dani Bolina , Gabi Monteiro e Lizi Benitez (Piu Piu) durante sua temporada no programa dominical de 2005 a 2008. "Continuo falando com algumas pessoas, outras me afastei com o tempo. Sempre me dei bem com todas elas, mas nunca fomos amigas intímas, de ir na casa uma da outra, sair para jantar, viajar juntas. Sempre foi uma relação mais profissional", contou Tânia.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

A apresentadora afirmou que existiam propostas indecentes para todas as panicats, mas que ela nunca deu muita bola. "Quando entrei no 'Pânico', me cerquei de pessoas muitos profissionais, como meu assessor e meu empresário, porque o assédio aumentou bastante por conta da exposição na atração, ainda mais depois que sai na "Playboy" (em 2006)", diz ela. "As propostas para ser garota de programa chegavam pelo site, por e-mail, minha equipe comentava comigo. Mas não sei de quem e nem os valores, porque nunca me interessei em ir atrás", contou.

Tânia Oliveira:
Claudio Augusto
Tânia Oliveira: "O que me incomoda mais nesses boatos é chegarem aos ouvidos da minha família, que é muito humilde e simples"
Se suas colegas de trabalho aceitavam esses convites indecentes, Tânia desconversa. "Dizem que algumas sim, mas eu não sei, por conta de não ter muita intimidade com elas. Mas não tenho nada contra quem faça, cada uma sabe de sua vida. O convite sempre aparece, cabe a cada uma aceitar ou não. Eu jamais conseguiria", continuou.

Leia Ainda: Os barracos dentro e fora das telinhas

"O que me incomoda mais nesses boatos é chegarem aos ouvidos da minha família, que é muito humilde e simples. Meu namorado tem uma cabeça boa, estamos juntos há muito tempo, ele me conhece, sabe do meu caráter, e, por isso, lida bem com o assédio que recebo."

Programa Novo

Tânia contou que em breve deve voltar à televisão, pois seu projeto para fazer um programa sobre carros já saiu do papel. "Gravei o piloto com uma produtora e estamos fechando patrocínio. Aí, vamos escolher entre duas emissoras da tevê aberta que já estão no gatilho", disse.

Ela falou que sempre teve essa vontade de apresentar esse tipo de programa, já que é fascinada por carros desde criança. "Queria fazer algo que gostasse e que sentisse prazer. Eu que escrevi o projeto, bolei as pautas. Ficou com a minha cara. Será um programa divertido, mas com informações sobre tudo o que você precisa e quer saber sobre carros, para homens, mulheres e iniciantes."

Leia Também: "Não roubei o lugar de Adriana Bombom. Mereci", diz Tânia Oliveira

Posar Nua

Tânia já posou uma única vez para a revista "Playboy" e não descarta um novo ensaio sensual. "É uma coisa que não dá para falar que nunca faria. Quando posei nua, fechei um projeto e um cachê bacana, além de ser dentro do que eu imaginava e queria. Se eu tiver essa mesma liberdade que eu tive, não teria porque dizer não", comentou.

Tânia Oliveira vai voltar à televisão no comando de um programa sobre carros
Claudio Augusto
Tânia Oliveira vai voltar à televisão no comando de um programa sobre carros

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.