Ator prestigiou festival do audiovisual em Pernambuco e contou que se prepara para encarar três novos trabalhos para o cinema

Marcos Palmeira prestigia o Cine PE
Marília Neves, enviada a Recife
Marcos Palmeira prestigia o Cine PE
Marcos Palmeira chegou a Recife na tarde deste domingo (02) para prestigiar o segundo dia de apresentações da 15ª edição do Cine PE – Festival do Audiovisual, que acontece em Pernambuco. O ator, que comemora o fato de o pai, o diretor Zelito Viana , ser um dos homenageados do evento, comentou sobre a situação atual do cinema nacional. “Já temos um reconhecimento internacional. ‘Tropa de Elite’, ‘Cidade de Deus’ e outros filmes indicados ao Oscar. O que falta é uma política de cultura efetiva. Mas o cinema nacional está muito bom”, analisou.

O ator está envolvido em três projetos cinematográficos: o filme francês “Samba”, o longa-metragem “Vendo, Alugo” e o “E aí, comeu?”, baseado em uma peça de Marcelo Rubens Paiva. Isso, sem falar na série “Mandrake” que ele volta a gravar para a HBO em agosto. Já, novelas, Marco é direto: “Estou sem agenda”. Seu último trabalho em folhetins foi em 2009, com “Cama de Gato”.

Marcos, que prestigia o festival de cinema pelo quarto ano, fez questão de assistir o longa “Família Vende Tudo”, com Marisol Ribeiro , Caco Ciocler , Luana Piovani , Lima Duarte e Vera Holtz . Marcos brincou que se, um dia precisasse vender tudo, faria sem problemas. A única coisa que não abre mão de jeito nenhum é da família: “O resto, dá pra se desfazer de tudo”.

Marcos Palmeira: três longas pela frente e sem planos para novelas
Marília Neves, enviada a Recife
Marcos Palmeira: três longas pela frente e sem planos para novelas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.