"Rosa Chock" chega ao fim antes mesmo de estrear. Apresentadora prepara mudança para São Paulo

Geisy Arruda
Francisco Cepeda/AgNews
Geisy Arruda
O programa "Rosa Chock", que seria apresentado por Geisy Arruda na TV Cidade, uma afiliada da Record no Ceará, foi cancelado. "A minha produtora [Drica Pessoa] foi a uma reunião sozinha para fechar pauta e fez exigências indevidas. O diretor ficou irritado com ela e acabou com tudo. Aqui no Nordeste eles levam tudo muito pelo lado pessoal", disse ela ao iG Gente.

Entre as exigência de Drica, estaria acompanhar de perto a edição do programa e dar as coordenadas, já que ela havia participado da criação do projeto. "Estou arrasada. Uma pessoa se achou demais e eu fui a grande prejudicada", desabafa. "Para mim era um sonho, eu estava investindo a minha vida neste programa, vivendo em função dele".

Geisy tentou reaver a situação com o diretor, mas não foi ouvida e decidiu deixar o Ceará, onde vive há dois meses, para voltar para perto da família, em São Paulo. "Eu liguei na TV Cidade algumas vezes, mas estavam sempre ocupados. É uma falta de respeito. O piloto do 'Rosa Chock' está na minha mala. Pretendo levá-lo para outras emissoras, outros lugares e quem sabe fazer com que meu sonho saia do papel."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.