Dr. Conrad Murray diz que a água e a dieta da detenção estão fazendo mal a sua saúde

Conrad Murray: 13 Kg a menos na prisão
AP
Conrad Murray: 13 Kg a menos na prisão
Dr. Conrad Murray foi condenado por homicídio involuntário no caso da morte de Michael Jackson . Desde novembro do ano passado, quando foi sentenciado à pena máxima pela Corte Superior de Los Angeles, o médico particular permanece preso e já emagreceu 13 quilos.

Siga o iG Gente no Twitter e acompanhe todas as notícias sobre sua estrela favorita

De acordo com informações do site “TMZ”, o médico está doente por conta da água – que, segundo ele, teria mau cheiro e gosto ruim – o que teria causado disenteria em Murray. O médico acredita ainda que a dieta de má qualidade e está prejudicando sua saúde.

LEIA MAIS Médico de Michael Jackson se diverte com a família em praia

Debilitado, o médico está tentando diversos recursos para conseguir sair da prisão. O site diz ainda Murray afirma não poder comer a alimentação do presídio, por isso compra enlatados: “comida de gato”, segundo ele. O médico compra conservas de atum e lascas de salmão. 

Já o porta-voz da polícia de Los Angeles, Steve Whitmore , defende-se das acusações sobre a qualidade das refeições. “Todos os detentos recebem a alimentação e os cuidados médicos que são exigidos por lei, mas o Departamento de Polícia vai além dos requisitos necessários”, disse ele.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.