Apresentadora diz que vai dispensar a ajuda da babá e que está fazendo sozinha a decoração do quarto de Alice

Daniela Albuquerque:
Divulgação
Daniela Albuquerque:"Não estou inchada e diferente do que muitas grávidas dizem, não tenho sono"

Daniela Albuquerque ao lado do marido, Amilcare Dallveo
Claudio Augusto
Daniela Albuquerque ao lado do marido, Amilcare Dallveo
Grávida de oito meses, Daniela Albuquerque acaba de se mudar para uma mega mansão (apontada como a maior do Brasil) para recepcionar a primeira filha, Alice . No último mês de gestação, a apresentadora se divide entre o trabalho na RedeTV!, emissora de seu marido, Amilcare Dallevo , e os preparativos finais para a chegada da menina.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

“Está tudo ajeitado, mas nada pronto! O berço ainda nem chegou”, conta ela ansiosa sobre o quarto da bebê. A decoração será neutra e não terá nenhum tema . “Quero que ela crie sua identidade e descubra o que gosta. Não adianta fazer um quarto de “Minnie” e depois não ter a ver com ela”.

LEIA MAIS: Angélica está grávida do terceiro filho

Confira o bate-papo com a apresentadora que fala sobre a boa forma e alimentação saudável na gravidez:

iG: Como será o chá de bebê neste sábado (10), na casa do Amaury Jr.?
Daniela Albuquerque:
As minhas amigas e a Celina (mulher do apresentador) estão fazendo uma surpresa! Eu não sei de nada, elas estão organizando os preparativos, a decoração, tudo! Convidamos as pessoas mais próximas, dei algumas sugestões de presentes que ainda não ganhamos e só. Sábado vou ver o que elas aprontaram!

iG: Sua gravidez parece estar sendo bem tranquila. Chegou a passar algum susto ou desconforto?
Daniela Albuquerque:
Impressionante, eu esqueço que estou grávida de oito meses! Não sinto nada, nada: nem enjoo, nem a barriga pesada. Acho que porque estou me alimentando muito bem, com acompanhamento de uma nutricionista. Ajuda muito, estou me sentindo leve. Não estou inchada e diferente do que muitas grávidas dizem, não tenho sono. Aliás, parece que estou com mais disposição para trabalhar!

LEIA TAMBÉM: Entrevista: Daniela Albuquerque, primeira-dama da Rede Tv!

iG: Você já declarou que está se alimentando de maneira ainda mais saudável. Tem algum alimento que não comia e passou a consumir por causa da gestação?
Daniela Albuquerque:
Eu me alimento de três em três horas. Estou comendo bastante ferro, cálcio e fibras. Não como doce e diminuí muito o consumo de sal. A única diferença é que antes da gravidez, eu alternava proteína e carboidrato nas refeições. Agora não, como um pouco dos dois. Eu amo arroz branco, mas estou priorizando alimentos integrais como pão, macarrão e o arroz. Também tenho comido mais bife de fígado, feijão e muito verde como couve refogada, espinafre e alcachofra.

iG: Além da alimentação, que outros cuidados você tem com o corpo?
Daniela Albuquerque:
Além de uma alimentação balanceada, faço ioga duas vezes por semana, exercícios de respiração, hidroginástica e caminhadas.

iG: Você engordou apenas oito quilos. Continua usando as suas peças normais ou comprou roupas de grávida?
Daniela Albuquerque:
Comprei alguma coisa, mas como só ganhei barriga, consigo usar meus vestidos, camisetinhas e blusas. Só as calças jeans, peças que tenham zíper ou são muito coladas que não.

Daniela Albuquerque:
Divulgação
Daniela Albuquerque: "Quero dar à minha filha a mesma educação que recebi da minha mãe"

iG: O que você quer que a Alice tenha da sua infância?
Daniela Albuquerque:
 Quero dar à minha filha a mesma educação que recebi da minha mãe. Perdi meu pai com cinco anos, a minha criou três filhos sozinha, e nos educou muito bem. Na minha família, todo mundo pede benção aos mais velhos e quero que meus filhos façam isso também. Cresci no interior, lá isso é muito comum. Em São Paulo talvez seja diferente. Até hoje chamo a minha mãe de senhora! Pedir a benção foi ensinado de geração em geração e quero passar  esse respeito aos mais velhos para a Alice.

iG: O que quer que seja diferente?
Daniela Albuquerque:
Como não tínhamos muitos recursos, não pude fazer várias atividades quando criança. Era muito caro para a minha mãe. Quero que a minha filha estude numa boa escola, faça aulas de balé se quiser, curso de natação, tudo que fizer bem para ela.

iG: Quando você imagina a sua filha, qual é a primeira imagem que vem à cabeça?
Daniela Albuquerque:
Faz tempo que eu dei uma entrevista para você dizendo que eu sonhava que estava grávida e seria mãe de uma filha, lembra? Então, aconteceu exatamente como no sonho. Hoje eu vejo a carinha dela nos exames 3D e é uma briga (risos)! Não tem muita definição, mas dá para ver os traços, as mãozinhas. O Amilcare diz que ela é parecida com ele e eu acho que ela é a minha cara. Esses dias eu cheguei num exame, me sentei e fiquei de pernas cruzadas. Aí o médico me mostrou no ultrassom que a Alice estava na mesma posição!

iG: Qual foi o melhor presente que já comprou para Alice?
Daniela Albuquerque:
Comprei o enxoval dela fora do Brasil (Miami) e está tudo se ajeitando, mas não está nada pronto. Mesmo sabendo que essas coisas demoram, estou nervosa porque o berço ainda não chegou. Eu mesma estou decorando o quarto dela, que será bem neutro e não terá nenhum tema. Eu gosto muito de renda, então estou fazendo detalhes das almofadas em renda branca. Quero que fique bem romântico, um quarto de princesinha. E quando ela for crescendo, ela vai vendo quais desenhos ela gosta. Não adianta decorar de “Minnie”, pois nem sei se terá a ver com ela. A Alice que tem que criar sua própria identidade, ela vai escolher o que gosta.

Daniela Albuquerque:
Divulgação
Daniela Albuquerque: "Quero que a minha filha estude numa boa escola, faça aulas de balé se quiser, curso de natação, tudo que fizer bem para ela"

iG: Você já decidiu como será o parto?
Daniela Albuquerque:
Quero muito que seja parto normal! É tradição na minha família: a minha mãe teve três e a minha avó teve sete, alguns deles em casa mesmo. Está sendo uma gestação tão perfeita que não tem porque ser cesárea.

iG: Quem está te dando dicas sobre a maternidade?
Daniela Albuquerque:
Tenho falado muito com a minha mãe, que está no Mato Grosso. Assim como eu liguei para a minha avó esses dias e ela disse: “É só dar três espremidas e o nenê nasce”. Minha mãe virá para o chá de bebê, assim como estará comigo no dia do parto. São elas que têm me ajudado muito com dicas.

VEJA: "Não tenho vontade de fazer novela", diz Daniela Albuquerque

iG: Ficará totalmente afastada da televisão durante a licença-maternidade? Quanto tempo terá?
Daniela Albuquerque:
Todo mundo me pergunta isso, mas não sei responder. A gente tem direito a ficar seis meses de licença, mas é provável que eu fique menos. Farei participações durante a licença, mas a Regina ( Volpato ) irá apresentar o “Manhã Maior” sozinha. Ela já fez isso nas minhas folgas e segura o programa superbem.

iG: Você imagina que a Alice vai acompanhá-la no estúdio desde cedo?
Daniela Albuquerque:
Tenho uma estrutura tão confortável na TV que espero levá-la comigo sempre que puder. E também só gravo de manhã, a minha tarde é livre. Dizem também que eu vou ficar um grude com ela e que não vou querer fazer mais nada! Mas tenho que conciliar, inclusive com o teatro. Faço aula quatro vezes por semana e me formo este ano.

iG: Vai contratar uma babá para te ajudar?
Daniela Albuquerque:
Tenho uma pessoa que trabalha comigo há seis anos e me ajuda demais. Ela vai me dar uma força, mas eu quero fazer tudo! Vou levantar de noite quantas vezes for preciso, dar banho, trocar. Não vou conseguir deixar que outra pessoa faça tudo isso por mim.

iG: Como será o quarto da Alice? Fica perto do seu?
Daniela Albuquerque:
O quarto dela não fica muito perto do meu, mas as portas ficarão sempre abertas. No início, pretendo deixar ela no meu quarto, vamos ver como vai ser.

Daniela Albuquerque:
AgNews
Daniela Albuquerque: "Quero muito que seja parto normal!"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.