Em entrevista ao iG Gente, ator falou sobre o sucesso de seu personagem PC, em "Tapas e Beijos" e elogiou elenco do seriado

Daniel Boaventura:
Jairo Goldflus / Divulgação
Daniel Boaventura: "Não me acho parecido com ele, talvez sou um pouco ansioso realmente, mas acho que é só"

Daniel Boaventura se despediu na última terça-feira, 6, do seriado "Tapas e Beijos", da Globo. Pelo menos provisóriamente, já que a partcipação do ator na pele do cômico PC foi maior do que ele previa. "Fui chamado para fazer um episódio, que no dia da gravação descobri que eram dois. Depois fui chamado para mais dois, que se transformaram em mais quatro", contou o ator.

Em entrevista para o iG Gente , Daniel falou como foi participar do seriado e trabalhar com grandes atores, como Fernanda Torres , Andréa Beltrão , Vladimir Brichta , Otavio Muller , e o diretor Maurício Farias .

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

"Mauricio Farias foi meu primeiro diretor de televisão, na minissérie "Hilda Furacão", em 1997, tenho grande carinho por ele. Depois, trabalhei com ele e com a Andréa em "A Grande Família". O Otávio Muller foi meu colega de palco em "Camila Baker, a Saga Continua" por mais de um ano. Quando Maurício me falou de "Tapas e Beijos" no telefone e dos atores que estariam, eu logo quis topar, porque só tinha profissionais de primeira linha, pessoas legais para conviver", explicou o ator.

Daniel disse que tinha já uma previsão de que o trabalho seria bacana, principalmentem pelo seriado ser protagonizado por Fernanda Torres e Andréa Beltrão, pessoas que ele admira tanto no set, quanto fora dele. "O primeiro contato com elas foi bárbaro. Elas são atrizes que têm o currículo respeitável, com uma bagagem de televisão de anos. Mesmo assim, elas não são soberbas, Andréa e Fernanda têm muita noção de realidade, não deixam de ser colegas, trazem um clima tranquilo e divertido nos bastidores", elogiou o ator.

Leia Também: "Tapas & Beijos", Reunião de rainhas da comédia

Feliz com o sucesso de "Tapas e Beijos", Daniel ainda disse que muitas pessoas começaram a chamá-lo na rua pelo nome de seu personagem. "Pela grande audiência que o programa teve, pois conseguiu em três meses galgar um espaço que programa deste tipo demora dois anos, muita gente começou a me chamar na rua de PC. Uma vez uma mulher na rua me falou que eu era igualzinho a ele, eu acho que foi um elogio", brincou o ator.

Apesar da comparação, ele acredita que não tem muito a ver com o personagem. 

Daniel afirmou que gostou muito de participar do projeto e que, realmente, não há previsão se seu papel irá voltar ou não no seriado. "Não é necessário um esquema rígido de trabalho, a disciplina tem que partir de cada profissional, que tem que ir com o intuito de dar o seu melhor. O trabalho tem que ser tranquilo, feito por todos com qualidade. Foi exatamente isso que senti em "Tapas e Beijos". Foi um prazer fazer!", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.