Listamos dez artistas do Velho Continente que botam pra quebrar!

De norte a sul, a América tem muitas artistas que trazem o melhor do continente através dos seus trabalhos no mundo da música. Seja no Brasil, Estados Unidos ou México, é inegável que sabemos muito bem colocar o público para dançar. Entretanto, não é apenas deste lado do Atlântico que o mundo vibra. Diversas cantoras europeias já mostraram que a Europa ainda tem muito para doar.

Cantoras europeias, como Ibeyi, chamam atenção no mundo da música
Reprodução
Cantoras europeias, como Ibeyi, chamam atenção no mundo da música

Leia também: Como seria a playlist ideal com músicas para ouvir na fossa em 2018?

Do fado ao rock, do hip hop ao jazz, confira dez cantoras europeias contemporâneas que a gente adora colocar na playlist!  

Adele

Adele já conquistou diversos prêmios no mundo da música
Divulgação
Adele já conquistou diversos prêmios no mundo da música

Com mais de 100 prêmios ganhos e 176 indicações, Adele definitivamente é uma das maiores cantoras inglesas contemporâneas atualmente. A cantora ganhou notoriedade em 2010, após lançar Rolling In The Deep e de lá pra cá cada música virou um hit internacional.

Apesar de ter uma carreira que consiste em apenas três álbuns de estúdio, a cantora caiu no gosto do público e da crítica especializada tornando-se um verdadeiro fenômeno.

Zaz

Zaz mistura música francesa com gypsy jazz
Reprodução
Zaz mistura música francesa com gypsy jazz

A cantora francesa Zaz ganhou notoriedade após o lançamento da sua canção Je veux em 2010. Trazendo à tona uma mescla de música francesa e gypsy jazz. Seu primeiro disco alcançou o primeiro lugar nos charts da frança e também o disco de diamante duas vezes. Em 2013, ela lançou “Recto Verso” e em 2014 foi a vez de “Paris”

M.I.A.

M.I.A. ganhou notoriedade com Paper Planes mas já conquistou o mundo
Divulgação
M.I.A. ganhou notoriedade com Paper Planes mas já conquistou o mundo

Mathangi Maya Arulpragasam, mais conhecida como M.I.A., é uma cantora e compositora nascida em Londres, mas de origem do Sri Lanka. Ela combina música eletrônica com hip hop e está em atividade desde os anos 2000.

Com diversos hits que já foram incorporados na cultura pop, como Paper Planes, a artista tem uma carreira composta por cinco discos: Arular (2005), Kala (2007), Maya (2010), Matangi (2013) e A.I.M (2016). M.I.A foi a única artista na história a ser noemada para um Grammy e Oscar – com a sua canção “O…Saya”, do filme “Quem Quer Ser Um Milionário”.  

Leia também: Infiel! Veja oito traições no mundo da fama que acabaram em música

Soha

Soha fez sucesso com a canção Mil Passos
Reprodução
Soha fez sucesso com a canção Mil Passos

A cantora Soha ganhou notoriedade na internet depois de lançar a música Mil Passos. Apesar da música ser em espanhol, Soha é na verdade francesa. Com ascendência algeriana, a cantora veio de Marselha e canta canções com influências do jazz, blues, soul e reggae jamaicano.

Seu álbum de estreia foi “D’lci et d’Ailleurs” (2007). O álbum foi reeditado em 2008 com material bônus e chegou ao número 42 na parada de álbuns franceses daquele ano.

Joss Stone

Joss Stone viajou o mundo para conhecer novas sonoridades
Reprodução
Joss Stone viajou o mundo para conhecer novas sonoridades

Outra britânica também integra a lista de melhores cantoras europeias contemporâneas. Joss Stone começou sua carreira em 2003 trazendo a soul music no álbum “The Soul Sessions” com covers de diversos artistas como Wright, Franklin, Laura Lee e Bettye Swann.

O single Super Duper Love foi o que acabou fazendo com que a artista ganhasse reconhecimento internacional, realizando mais quatro álbuns de estúdio desde então. “Mind, Body & Soul” (2004), “Introducing Joss Stone” (2007), “Colour Me Free!” (2009), “LP1” (2011).

Já em 2012 foi a vez de trazer “The Soul Sessions Volume 2” que trouxe o cover de The High Road da banda Broken Bells. Em 2015 Stone lançou o disco “Water For Your Soul” e logo em seguida emplacou o projeto Total World Tour, com a ambição de tornar-se a primeira pessoa a tocar em todos os países do mundo.

Da empreitada, nasceu uma série de vídeos em que a cantora mistura o seu som com a de músicos de todos os cantos do planeta – incluindo o Brasil!

Bebe

Bebe nasceu de uma família de artistas
Wikipedia
Bebe nasceu de uma família de artistas

Diretamente da Espanha, Bebe cresceu em um ambiente totalmente musical, já que seus pais faziam parte de um grupo de folk. Com as músicas na veia, a artista chegou a estudar teatro e atuar em locais da capital, mas foi em 2003 que conquistou a possibilidade para publicar um disco.

“Pafuera Telarañas” chegou com produção de Carlos Jean em 2004 trazendo à tona toda a sua potencialidade. Mas a cantora acabou se afastando em 2006, ainda que tenha ganhado reconhecimento no Grammy Latino na categoria de Artista Revelação, para atuar em filmes.

Entretanto, Bebe retornou em 2009 com o disco “Y”. Em 2012 foi a vez de “Um pokito de rocanrol” e em 2015 “Cambio de piel”. No ano seguinte, foi indicada aos Grammy Latinos de Melhor Álbum de Música Alternativa e Melhor Vídeo Musical Versão Longa pelo seu álbum e vídeo “10 años com Bebe”, respectivamente.

Leia também: Mulheres negras urgem empoderamento feminino e lutam contra racismo pela música

Ana Moura

Ana Moura é uma fadista reconhecida internacionalmente
Reprodução
Ana Moura é uma fadista reconhecida internacionalmente

Ana Moura é uma fadista portuguesa que foi considerada a mais bem sucedida e premiada do século XXI. Apesar de seu interesse pelo fado, a artista começou a carreira com um olhar para o pop e o pop-rock.

Entretanto, seu primeiro álbum de estúdio veio em 2003, conquistando o disco de ouro em Portugal. Em 2007 a musicista chegou a se apresentar no concerto do Rolling Stones em Lisboa, em dueto com Mick Jagger, fazendo uma noite memorável na capital.

Seu nome chegou até os Estados Unidos e o cantor Prince revelou que era um fã declarado da fadista. Seu último disco foi em 2015, intitulado “Moura” e em 2016 chegou a conquistar um Globo de Ouro na categoria de Melhor Música com Dia de Folga, canção com letra de Jorge Cruz.

Ibeyi

O duo Ibeyi canta em inglês e iorubá
Reprodução
O duo Ibeyi canta em inglês e iorubá

Apesar de terem nascido em Paris, as duas irmãs Lisa-Kaindé Diaz e Naomi Diaz viveram durante os seus primeiros anos em Havana, Cuba, país de origem do seu pai, Anga Díaz, que era um dos percursionistas do renomado grupo Bueno Vista Social Club.

Já sua mãe era Maya Dagnino, uma franco-venezuela que encorajou Lisa-Kaindé a escrever suas próprias canções. Com a música no sangue e o apoio em casa, o talento das irmãs logo começou a emanar pelas suas vozes e em 2013 elas assinaram contrato com a XL Recordings.

Misturando inglês e iroubá, em 2015 veio o primeiro álbum, homônimo. Já em 2017 foi a vez do duo lançar “Ash”, que contou com a participação especial de diversos artistas como Mala Rodriguez.

Björk

Bjork é arte pura e já trabalhou muito além da música
Divulgação Instagram
Bjork é arte pura e já trabalhou muito além da música

Björk é um dos nomes mais conhecidos da música alternativa e, apesar de ter começado suas atividades na década de 1970, a islandesa ainda é uma artista muito contemporânea. A cantora tem 11 discos lançados, sendo o último “Utopia”, do ano passado.

A artista ainda coleciona uma longa lista de indicações no Grammy Awards, BRIT Awards e até mesmo no Globo de Ouro e Oscar, já que também se aventurou na arte da encenação, tendo faturado o prêmio de Cannes por Melhor Atriz em 2000 no seu trabalho em “Dançando no Escuro”.

Carla Bruni

Carla Bruni ganhou notoriedade em seu primeiro disco
Reprodução
Carla Bruni ganhou notoriedade em seu primeiro disco

Nascida em Turim, Itália, Carla Bruni deixou a carreira de modelo para se aventurar no mundo da música a partir dos anos 2000, lançado o seu disco "Quelqu'un m'a dit". Elogiado pela crítica, o trabalho vendeu mais e 200 mil cópias na França e foi número 1 em vendas na Amazon.

A carreira no mundo da música continuou por mais três discos, tendo sido o último lançado em 2013 e intitulado “Little French Songs”.

E aí, qual das suas cantoras europeias é a sua favorita?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.