Estilista fundou uma das grifes francesas mais famosas do mundo; veja mais

Hubert de Givenchy, fundado de uma das grifes francesas mais famosas do mundo e lenda da alta-costura, conhecido também por sua colaboração com a atriz Audrey Hepburn, morreu aos 91 anos, anunciou nesta segunda-feira à AFP seu companheiro em um comunicado.

Leia também: Moda é com elas! As celebridades mais fashion da televisão brasileira

O estilista Hubert Givenchy, fundador de grife francesa, morreu no último sábado (10), informa comunicado
Reprodução/Twitter
O estilista Hubert Givenchy, fundador de grife francesa, morreu no último sábado (10), informa comunicado



"O senhor De Givenchy faleceu enquanto dormia no sábado, 10 de março de 2018", informou o também estilista Philippe Venet. Desde seu primeiro desfile em 1952 até que abandonou, em 1955, a maison que levava seu nome, vendida em 1988 para o grupo LVMH, Hubert de Givenchy marcou o mundo da moda pela elegância de suas criações, como o famoso vestido tubinho preto usado pela atriz Audrey Hepburn em "Bonequinha de luxo", em 1961.

Leia também: Roberto Carlos se prepara para lançar prédio de alto padrão em formato de rosa

"Entre os criadores que colocaram Paris definitivamente no topo da moda mundial a partir dos anos 1950, Hubert de Givenchy deu a sua casa de modas um lugar à parte. Tanto por seus vestidos longos de gala, como por seus trajes diários, Hubert de Givenchy soube reunir duas qualidades raras: ser inovador e atemporal", disse Bernard Arnault, presidente da LVMH.

Quem também prestou homenagem para De Givenchy foi a maison Givencyh. "Personalidade  inesquecível do mundo da alta-costura francesa, símbolo da elegância parisiense durante mais de meio século", disse a empresa em um comunicado.  "Hoje ainda, sua abordagem da moda e sua influência perduram. Sua obra continua sendo tão pertinente hoje como antes", acrescentou.

Leia também: “Aniquilação” dá forma a pesadelo evolutivo com rigor científico e imaginação

Sucesso com Audrey Hepburn

O ano de 1953 foi muito importante para Givenchy. Ele conheceu atriz Audrey Hepburn, que se tornou sua musa inspiradora, amiga e responsável por muito de seu sucesso internacional. O estilista criou modelos para ela imortalizados em filmes como "Bonequinha de Luxo", "Cinderela em Paris" e "Sabrina". Esse último chegou a ganhar o Oscar de melhor figurino, que era assinado por Edith Head - a designer mais requisitada de Hollywood na época.




    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.