Com nomes como Baiana System, Elza Soares, Ney Matogrosso e Nação Zumbi, Rock in Rio deixa ótimos artistas nacionais em palco menor

O Rock in Rio retorna este ano para sete dias de muita música no Rio de Janeiro. Com nomes como Lady Gaga , Guns N’ Roses e Red Hot Chili Peppers no line-up, o festival continua a atrair um grande público para a Cidade do Rock. Mas, vale ressaltar, a maior parte desses artistas, ou pelo menos os mais expressivos, são internacionais.

Leia também: O que deu certo e o que deu errado na internacionalização do Rock in Rio

Scalene é a única banda nova no cenário musical a participar do Rock in Rio no Palco Mundo
Divulgação
Scalene é a única banda nova no cenário musical a participar do Rock in Rio no Palco Mundo

O Palco Mundo , o principal no evento, contará com uma atração nacional por dia, com nomes expressivos no Brasil como Ivete Sangalo , Capital Inicial e Titãs. Apesar de contar com artistas estabelecidos no palco principal, a participação nacional ainda é tímida para o grande público do  Rock in Rio .

Leia também: Um olhar sobre a evolução do Capital Inicial a partir do Rock in Rio

Ney Matogrosso se apresenta com Nação Zumbi no Palco Sunset
Divulgação
Ney Matogrosso se apresenta com Nação Zumbi no Palco Sunset

Seguindo a lógica de não inovar nem correr riscos, Scalene é a única banda surgida depois dos anos 2000 a representar o Brasil no palco principal. O festival deixou as novidades para o Palco Sunset e é lá que será possível ver o encontro de Céu e Boogarins, Rael com Elza Soares, Johnny Hooker e Líniker ou Blitz com Alice Caymmi.

O Grande Encontro também representará a música brasileira assim como outro grande nome: Ney Matogrosso . Ele acompanha a banda Nação Zumbi em uma dessas parcerias que a gente nem sabia que queria, mas agora precisa ver.

João Donato será homenageado por expoentes do samba e MPB atuais como Emanuelle Araújo, Tiê, Lucy Alves e Mariana Aydar. Maria Rita, Ana Cañas, Emicida , Bayana System, Sepultura e Ego Kill Talent também passarão pelo Sunset ao longo dos sete dias.

Como seria

O festival se encerra com o Red Hot Chili Peppers no domingo (24). Antes deles, porém, o Capital Inicial abre os trabalhos no palco principal. No mesmo dia, mas no Sunset, o Baiana System também se apresenta. Apesar de não ser tão expressivo quanto o Capital, o Baiana é, de longe, um dos maiores nomes da música nacional a surgir nos últimos anos. A apresentação do grupo do Lollapalooza mais cedo este ano mostrou que a banda se garante em um line-up de grandes nomes. Essa poderia ser a oportunidade do RiR mostrar que aposta nos artistas nacionais novos.

De fora

Anitta fica fora de mais uma edição do Rock in RIo
Reprodução/Twitter
Anitta fica fora de mais uma edição do Rock in RIo

Não há como não lembrar de nomes que não chegaram nem a entrar no line-up do festival e, com certeza, farão falta na edição de 2017. O primeiro deles é o Far From Alaska , banda que tem no currículo recente passagens por festivais europeus, e acabou de lançar novo disco, o que renderia um repertório novo.

Mas, talvez a presença mais expressiva a ficar de fora seja  Anitta . Roberto Medina, criador do festival, chegou a declarar em entrevistas que “não tem muita afinidade com sua música”. Se entregando cada vez mais ao pop e com a carreira quebrando as fronteiras nacionais, Anitta é a maior artista nacional do momento. Se isso vai perdurar, só o tempo pode dizer, mas sua presença este ano seria um reforço, mais uma vez, do apoio do festival aos artistas nacionais. 

Mesmo sem o mesmo prestígio ou espaço que os internacionais, os artistas brasileiros vão garantir bons momentos no Rock in Rio . Pela televisão ou ao vivo, vale a pena acompanhar os talentos nacionais.

Leia também: Como o Rock in Rio continua a fazer sucesso sem inovar

    Leia tudo sobre: anitta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.