Cantora neozelandesa lança o álbum "Melodrama" nesta sexta-feira (16)

Depois de quatro anos, Lorde finalmente está de volta. A cantora lançou nesta sexta-feira (16) o álbum "Melodrama", o segundo de sua carreira, e manteve o nível de sua estreia.

Leia também: Lorde volta aos palcos em apresentação na TV americana; assista

Lorde lançou nesta sexta-feira (16) o disco
Divulgação/Andrew Whitton
Lorde lançou nesta sexta-feira (16) o disco "Melodrama", o segundo de sua carreira

Quando lançou seu primeiro álbum, "Pure Heroine", Lorde foi uma estrela meteórica: aos 16 anos, a adolescente de uma cidadezinha da Nova Zelândia virou um dos grandes nomes do pop por causa de hits como  RoyalsTeam .

De uma hora para a outra, a vida da cantora mudou completamente: ela passou a ser capa de revista, perseguida por fotógrafos e teve cada passo acompanhado pela mídia. O que poderia ser um sucesso passageiro provou ser algo que veio para ficar.

Leia também: O guia dos festivais de verão nos Estados Unidos e na Europa

Em "Melodrama", a artista mostra uma incrível evolução. Agora aos 20 anos, ela traz sons mais maduros e um pop muito chiclete misturado a músicas mais emocionais, com temas bem mais adultos. No Twitter, a cantora não esconde de ninguém que os temas são pessoais.

Chave do sucesso

O disco segue uma toada que marca a carreira da neozelandesa: ela dificilmente faz algo ruim. Tanto suas músicas quanto as participações são muito boas. Para uma jovem de 16 anos, "Pure Heroine" era uma obra prima. Agora, "Melodrama" é um disco pronto para concorrer a todos prêmios, assim como as parcerias dela com o Disclosure e o single  Yellow Flicker Beat , feito para a trilha sonora de "Jogos Vorazes", são ótimos momentos de sua carreira.

Essa é uma das chaves do sucesso da aritsta: é muito difícil não se dar bem quando só entrega coisas boas. Além disso, ela é uma ótima personagem. Suas danças malucas nos shows e o carisma que ela mostra nas entrevistas – hoje mais engessadas pelo media training – também garantem não só simpatizantes, mas, principalmente, afastam os haters.

Leia também: Kendrick Lamar se consagra como um dos maiores da história com novo álbum

O segundo disco é um pesadelo para muitos artistas. Ele é quase um divisor de águas e mostra quem realmente tem condições de manter a carreira em alto nível. Lorde passou por esse teste com louvor: não só provou que ela não era um sucesso passageiro, como mostrou que tem muito talento para mostrar daqui pra frente.

    Leia tudo sobre: músicas
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.