Cantora foi detida na madrugada desta terça-feira (1) junto com o namorado

Christina Aguilera e Matthew Rutler deixando o Brasil em janeiro
AgNews
Christina Aguilera e Matthew Rutler deixando o Brasil em janeiro
Christina Aguilera e seu namorado, Matthew Rutler , foram presos na madrugada desta terça-feira (1) por ele dirigir sob a influência de bebidas alcólicas, segundo informações da AP (Associated Press). Procurada pelo iG , tanto a relações-públicas da artista, Nicole Perez , quando a agente de talentos, Tracy Brennan , não retornaram o contato.

Aguilera foi liberada cinco horas depois, 12h30, e não recebeu nenhuma acusação formal. Já Rutler permanece detido por dirigir embriagado, e sua fiança foi determinada em US$ 5 mil (cerca de R$ 8,5 mil).

A artista só teria sido levada à delegacia por aparentar estar "extremamente intoxicada" para cuidar de si mesma e não tinha quem a levasse para casa, declarou à AP o Xerife adjunto de Los Angeles, Bill McSweeny .

"Ela foi fichada, marcou as impressões digitais e foi colocada em uma cela", disse ele. Um amigo de Aguilera foi busca-la nos fundos da delegacia, para evitar os paparazzi.

"Assim que ela melhorou quis ir embora...Quando ela ficou capaz de transitar e pensar por ela mesma foi liberada", completou McSweeny.

A lei do estado da Califórnia permite que as autoridades detenham as pessoas embriagadas até que elas fiquem capazes de dirigir. "Tecnicamente é uma prisão, mas desde o começo não houve intenção de processá-la", afirmou McSweeny.

Segundo fontes ligadas à artista, os assessores de Christina estão tentando interná-la em uma clínica de reabilitação há semanas, mas não conseguem.

Christina Aguilera esteve no Brasil em janeiro para o lançamento de uma coleção de roupas para marca "fast-fashion" brasileira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.