Ator continua tentando lucrar com a saída da série "Two and a Half Man"

Charlie Sheen não se cansa de ter o nome envolvido em polêmicas. Após a demissão da série "Two and a Half Man" e a estreia do espetáculo "Meu Violento Torpedo da Verdade", ele pediu US$ 1 milhão (cerca de R$ 1,6 milhão) para rechear as página da Vanity Fair com fotos e entrevistas, segundo a edição de junho da revista.

A publicação ainda revela que, durante as negociações com a CBS, em 2010, Sheen recebeu a proposta de US$ 72 milhões para fechar contrato, mas disse: "Só aceito uma centena de milhão", contrariando seus representantes. O objetivo de Sheen era o de tornar-se o ator mais bem pago da história.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.