Meghan Markle vai fazer parte oficialmente da família real britânica no próximo sábado (19), mas não levará o título de princesa, assim como Kate

A cerimõnia entre Meghan Markle e o Príncipe Harry está muito próxima. O casal oficializa a relação no próximo sábado na St George’s Chapel, localizada no Castelo de Windsor, no Reino Unido. Mas, mesmo após o casamento, Meghan não se tornará uma princesa, assim como Kate Middleton. Segundo as regras da monarquia britânica, apenas pessoas com sangue real têm direito a ser chamadas de príncipe ou princesa, e a ex-atriz não tem sangue azul. 

Leia também: O que é verdade e o que é mentira sobre o casamento de Harry e Meghan Markle

Meghan Markle e o Príncipe Harry vão se casar no próximo dia 19!
Reprodução Instagram/Press Association
Meghan Markle e o Príncipe Harry vão se casar no próximo dia 19!


Meghan Markle não será uma princesa!

Após se casar com o Príncipe Harry, Meghan Markle não será conhecida como Princesa Meghan, assim como Kate Middleton também não detém o título. Por não ter sangue real, a ex-atriz não pode levar o título, mas as normas podem ser alterada pela rainha Elizabeth II. De acordo com os rumores, após o casamento, Harry e Meghan vão receber o título de Duque e Duquesa de Sussex.

Quando seu irmão William se casou com Kate Middleton em 2011, passaram a ser chamados de Duque e Duquesa de Cambridge. Há também a probabilidade de Meghan se tornar sua alteza real princesa Harry de Gales, assim como Kate se tornou, não sendo chamada de princesa Kate, e sim de sua alteza real princesa William de Gales. 

Leia também: Poderosa! Meghan Markle ganha estátua de cera no Madame Tussauds

Outros títulos como Duque e Duquesa de Clarence e Buckingham também estão disponíveis. A rainha que irá escolher qual o melhor título para dar de presente ao casal. 

Meghan Markle e Príncipe Harry
Reprodução Instagram/Press Association
Meghan Markle e Príncipe Harry


E os filhos?

Os filhos de Meghan e Harry podem se tornar príncipes e princesas se a rainha decidir. Em 1957, a rainha Elizabeth II decretou sobre quem é príncipe e princesa para seu próprio marido, Philip, em 1957, até então, ele era apenas duque de Edimburgo, título dado pelo rei George 6º quando Philip se casou com Elizabeth, em 1947. Assim, Philip tornou-se príncipe do Reino Unido.

Leia também: De topless a conflitos com a família, veja as polêmicas envolvendo Meghan Markle

A rainha voltou a usar esse recurso em 2012, dando a todos os filhos de William e Kate o título de príncipe e princesa, já que o primeiro filho do casal é o terceiro na linha de sucessão ao trono e tem grandes chances de se tornar rei do Reino Unido. Caso Meghan Markle e o Príncipe Harry tenham filhos, ela também pode emitir outro decreto como esse. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.