Depois de mais de dois anos fora da TV, atriz interpretará o papel principal em “A Força do Querer”, nova trama das 21h assinada por Glória Perez

Isis Valverde estava em uma ascensão meteórica na Rede Globo. Presença constante nas novelas da emissora, ela protagonizou duas minisséries e suas oportunidades pareciam só aumentar. Porém, os rumores de um envolvimento com Cauã Raymond enquanto gravavam “Amores Roubados”  acabou colocando a carreira de Isis em perigo.

Isis Valverde estreia como protagonista no horário nobre em
Reproduçao TV Globo
Isis Valverde estreia como protagonista no horário nobre em "A Força do Querer"

Apesar de ambos desmentirem o “affair”, o fim do casamento de Cauã com Grazi Massafera deixou uma má impressão em relação a Isis Valverde . Por isso, após o término da minissérie e de "Boogie Ooogie", ambas de 2014, a atriz acabou passando um tempo afastada. Apesar de nem a emissora ou a atriz assumirem, seu afastamento foi necessário até que sua imagem estivesse melhor.

Leia também: “A Força do Querer” debate empoderamento feminino e misticismo

Isis aproveitou o período “sabático” para estudar. Se mudou para os EUA e fez aulas na escola de dramaturgia “The Actors Studio”, por onde já passaram atores como Robert De Niro e Julia Roberts, além de concluir um curso de inglês.

Passados mais de dois anos, a imagem de Isis já não está tão arranhada. Foi assim, então que ela pôde retornar ao horário nobre da emissora, dessa vez como protagonista. A nova trama de Glória Perez , “ A Força do Querer”, trará diversas histórias principais, e Isis estará em uma delas, contracenando com Marco Pigossi e Fiuk.

Leia também: Fiuk tem nova chance na TV como protagonista de “A Força do Querer”

Isis valverde volta as novelas depois de dois anos afastada
Reproduçao TV Globo
Isis valverde volta as novelas depois de dois anos afastada

Sereia profissional

Como já se tornou um traço de Glória Perez, suas novelas sempre trazem temas interessantes e diversificados, e “A Força do Querer” não será diferente. Um dos temas abordados no folhetim será o misticismo em volta da figura da sereia. Na história a personagem Ritinha (Isis) sempre foi fascinada pelas águas do rio. Sua mãe, Ednalva (Zezé Polessa), a teve sozinha numa canoa, e conta que engravidou de um homem-boto. Ritinha nasceu sedutora, assim como as sereias. Amorosa, gosta bastante do namorado Zeca (Marco Pigossi), mas deseja experimentar de tudo, conhecer outros lugares, aproveitar o que a vida tem para oferecer.

Com o intuito de se manter próxima a água, Ritinha trabalha como uma sereia profissional, ou seja, ela é contratada para mergulhar em aquários e chamar a atenção do público.

Essa, porém, não é a primeira vez que ela interpreta uma personagem que faz alusão a figura mística. Na minissérie “O Canto da Sereia” ela interpreta a personagem que dá nome a história, uma cantora de axé que é assassinada em cima do trio elétrico. Contada em quatro capítulos, a série fez muito sucesso e marcou a primeira vez que Isis interpretou uma “sereia”.

Cinema

Em paralelo as novelas, Isis Valverde também investe em sua carreira no cinema. Seu primeiro papel de destaque foi no filme “Faroeste Caboclo”, onde interpretava Maria Lúcia na releitura da canção da banda “Legião Urbana”. Porém, 2017 será um ano produtivo para Isis nas telonas.

Ela estrelará “Amor.com”, onde interpreta uma blogueira que encontra o sucesso na internet. Ela também estará em “Simonal”, história biográfica do cantor, na pele de Tereza Pugliesi. Por fim, ela participa do longa argentino “Viaje”, com uma pequena participação. Parece que as “férias” de Isis Valverde acabaram mesmo!