Garota-propaganda de linha plus size de grife, Marília Mendonça diz que é difícil encontrar roupas para gordinhos: "Ela nos escolhe", brinca a cantora.

Marília Mendonça demonstrou que, além de ser um dos ícones que representa as mulheres no sertanejo, também é motivo de orgulho para as gordinhas. A cantora é garota-propaganda da linha plus size da coleção Melodia, da grife cearense Nayane Rodrigues. Apesar de ter se atrasado para o desfile de lançamento em São Paulo, na semana passada, ela cantou "Eu sei de cor" e "Infiel" para a plateia e depois contou os bastidores da sessão de fotos.

Leia mais: Marília Mendonça fica noiva

Marília Mendonça cantou na passarela no dia do lançamento da coleção Melodia
Divulgação
Marília Mendonça cantou na passarela no dia do lançamento da coleção Melodia


"Sou bem relax, não sou bitolada em detalhes, mas fazer uma campanha dessa é algo muito detalhista, não estava acostumada. Fiquei muito cansada, quando chegou nas últimas fotos eu já não aguentava, mas fiquei muito feliz com o resultado, os fãs acharam lindo", comemora Marília Mendonça.

Leia mais:  Wanessa Camargo faz primeiro ensaio de lingerie: "Tinha noias com meu corpo"

A cantora aos poucos foi relaxando no dia da sessão de fotos, realizada em uma praia do Ceará, no início de dezembro. "No começo eu estava bastante nervosa, suava muito, tirava uma foto e suava, até que tomei um vinho e do meio para o final fiquei mais relax". Ela revela ter optado por não ser fotografada de calcinha. "Fiz só fotos da parte de cima, de sutiã. Não queria mostrar demais porque acho que não é o meu perfil, não combina muito comigo", explica. 

Leia mais: Marília Mendonça e Bell Marques levam tombo no palco

Marília Mendonça posa para campanha de lingerie da grife Nayane Rodrigues
Divulgação
Marília Mendonça posa para campanha de lingerie da grife Nayane Rodrigues

Marília ficou feliz com o resultado. "Quando vi o vídeo (do making of) me senti um mulherão", confessa, aprovando as peças.  "São muito confortáveis. Antes de fazer a campanha, ganhei várias de presente e usava nos shows. Sou super chata com coisas me apertando, a gente que é gordinha sempre tem que ter alguma coisa que segure ali e aqui".

De bem com o corpo e com as roupas

A cantora sertaneja conta que não é tão fácil achar peças que se adaptem ao corpo de quem é gordinho. "Ainda existe muita dificuldade de encontrar o tamanho e conforto que a gente precisa, e quando a gente fala de lingerie, não encontra muitas atraentes. Um amigo diz que gordinho não escolhe a roupa, a roupa é que nos escolhe. Queria que isso mudasse um dia", torce, acreditando que as mulheres estão conseguindo ser felizes sem se encaixar nos padrões de beleza. "Antes tinha essa coisa da aceitação, da galera fazer dieta, regime. Hoje tem muitas mulheres que se aceitam".

Ana Lima , diretora da grife Nayane Rodrigues, explica por que Marília Mendonça e Wanessa foram escolhidas como garotas-propaganda da marca, que existe há 15 anos e já teve outras musas usando suas peças, como Kelly Key .  "Elas possuem forte identificação com as mulheres reais, que têm corpos reais e personalidades fortes, além de serem grandes nomes da música atual".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.