Anderson Muller e Bia Nunnes também estão na peça “Igual a Você”, que estreia sexta-feira

Na tarde desta terça-feira (08), Camila Morgado , Anderson Muller e Bia Nunnes se reuniram no L'Hotel Porto Bay, em São Paulo, para divulgar a comédia “Igual a Você”. Descontraído, o trio falou sobre obsessão, paranoia, vício, hipocondria, TPM – Tensão Pré Menstrual -, TOC – Transtorno Obsessivo Compulsivo -, pânico e ninfomania, assuntos que são tratados com bom humor em cima do palco.

“Estamos vivendo em um mundo ansioso e esses sintomas estão presentes em nossas vidas. Por isso, as pessoas irão se identificar e se divertir por terem vivido algo parecido ou por conhecerem alguém”, garantiu Camila, que declarou ter sintomas de alguns dos distúrbios discutidos na peça. “Não é fácil as pessoas assumirem. No meu caso, eu pensei que tivesse somente TPM, seguido de insônia. E fosse um pouco hipocondríaca. Sei que tenho TOC, mas vou descobrindo cada coisa! Tranco a porta do quarto para dormir. Que besteira! Já tranco a porta da casa e ainda faço isso”, divertiu-se Camila.

O debate fez Anderson se questionar e revelar-se também um paciente. O ator afirmou que já teve de tudo um pouco. “Mas acho que Síndrome do Pânico, não. Apesar de que já fiquei afastado das pessoas por uma semana. Será que tive um pouco disso?”, indagou Anderson, logo “diagnosticado positivamente” por Bia, que se demonstrou expert no assunto. “Ainda bem que são distúrbios que têm cura através de remédios”, pontuou a colega de elenco.

Com direção de Ernesto Piccolo e textos de seis dramaturgos ( Adriana Falcão , Lícia Manzo , Theréze Bellido , Fernando Duarte , Regiana Antonini e Cristina Fagundes ), a peça estreia nesta sexta (11), no Teatro Raul Cortez na capital paulista e fica em cartaz até abril.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.