Cantor, que sofre de stress pós-traumático, seguirá afastado dos palcos até final do tratamento

Diagnosticado com stress pós-traumático, o cantor Marrone , que faz dupla com Bruno , ficará afastado dos palcos até o final de seu tratamento. O músico começou a ter crises se choro para sobrevoar áreas com muita mata ou muita água meses após a queda de seu helicóptero, em maio de 2011 .

De acordo com informações da assessoria da dupla sertaneja, Bruno cantará sem o parceiro por tempo indeterminado. “A gente não pode prever nenhuma data. Depende da evolução do tratamento. O que é certo, é que em outubro ele não volta”, afirmou Silvia Colmenero.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Bruno e Marrone
George Magaraia
Bruno e Marrone

Saiba mais: Seis respostas sobre o estresse pós-traumático

A agenda deste mês conta com, ao menos, oito shows, incluindo apresentações internacionais, nos Estados Unidos e no Canadá. Ainda de acordo com a assessoria da dupla, não houve cancelamento de nenhum espetáculo por parte dos contratantes após o anúncio do afastamento de Marrone. “Pelo contrário, entraram dois shows novos. As pessoas entendem que é um problema de saúde”.

O sertanejo iniciou o tratamento com medicação há poucos dias e aguarda a liberação do médico para voltar aos palcos. Através de seu Twitter, Bruno explicou que isso não significa que eles irão se separar. “O Marrone vai dar um tempo pra tratamento. Somente isso... Nós nunca vamos separar!! Entenderam?”.

Leia também: Fobia, pânico ou estresse pós-traumático: o que tem Marrone?

Bruno e Marrone
George Magaraia
Bruno e Marrone

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.