Em entrevista o ator fala sobre o porque ele e a atriz Angelina Jolie pretendem adiantar a tão esperada cerimônia

Brad Pitt e Angelina Jolie passearam com os seis filhos em Nova Orleans
SplashNews
Brad Pitt e Angelina Jolie passearam com os seis filhos em Nova Orleans
Neste domingo (29), Brad Pitt contou à revista norte-americana “USA Weekend” que o plano dele e de Angelina Jolie de se casarem somente após a legalização do matrimônio gay não faz mais parte da realidade do estrelado casal. A cerimônia deverá acontecer bem antes do previsto.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

Pitt justifica que o motivo são seus filhos, “as crianças tem perguntado muito sobre isso, então estamos pensando em adiantar a data”. Ainda acrescenta que se a cerimônia significa tanto para as crianças, a festa não deve demorar para sair dos papéis.

Sobre seu status “pai de família”, Pitt conta que em sua casa não há segredos entre eles e os filhos. “Quando eu e Jolie queremos ter um tempo a sós, dizemos para as crianças que o papai e a mamãe vão sair para se beijar um pouco”. E diz que a resposta dos 6 filhos é sempre a mesma: “Ai que nojo”.

Quando o assunto foca nas crianças, Pitt revela sua preocupação em manter seus filhos tão “presos” dentro de casa. “Nossa família é procurada por paparazzi a todo tempo. Nossas crianças são obrigadas a viver atrás de portões”. Em seguida, admite que tem muito medo sobre a segurança de sua prole, “passo noites em claro pensando nisso”.

Enquanto o casal não revela detalhes sobre o debut, Pitt deixou escapar o que pensa sobre seu futuro na industria cinematográfica: “Será que estarei atuando aos 80 anos? Com certeza não”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.