Publicidade
Publicidade - Super banner
BBB 12
enhanced by Google
 

Maria Melilo ao iG: "O Wesley é tudo de bom na cama"

Sem papas na língua, ganhadora do BBB 11 falou com exclusividade ao iG sobre os primeiros dias fora do confinamento, sexo e polêmicas em que se viu envolvida

Luisa Girão, iG Rio de Janeiro |

Toda edição do Big Brother Brasil tem uma participante que se destaca no imaginário sexual masculino. Mas em onze edições do programa nunca uma personagem tão polêmica – ou tão sexy - tinha chegado ao prêmio, que nesta edição foi de R$ 1,5 milhão. Maria Melilo quebrou esse tabu e mostrou que suas belas curvas e seu jeito de menina sapeca conquistaram o Brasil. “Eu pensava que estava sendo malvista por ter ficado com duas pessoas e que todos estavam me julgando. Foi uma surpresa”, disse ela, que chorou ao ver pela primeira vez cenas da final.

Isabela Kassow
Maria:"Eu não gosto de cair na rotina. Acho que isso também conquista o homem porque eles enjoam de comer o arroz e feijão todos os dias"

Após ser vigiada durante três meses por câmeras e todo país, Maria enfrenta um novo desafio: lidar com todos querendo saber sobre cada detalhe da sua vida intima com o Wesley . Desinibida, a atriz não tem papas na língua em nenhum assunto. Nem mesmo sobre sexo. “Wesley é tudo de bom na cama. Na primeira noite, eu queria fazer uma surpresa, com uma bela lingerie, mas não tive tempo de comprar”, falou.

Às 4h da manhã, Maria recebeu o iG para uma conversa em sua suíte no Hotel Windsor e contou que pretende realizar certas fantasias com o médico capixaba. “Com certeza ir para uma praia deserta, para ninguém achar a gente, e fazer lá na areia mesmo”, brincou ela, que pensa em escrever um livro de auto-ajuda sobre a sua história. “Tenho muita vontade de contar essa loucura toda que aconteceu comigo dentro da casa”.

iG: Você está se sentindo confortável com o sucesso?
Maria: Sempre quis ser famosa. Mas eu só vi que era querida, quando saí da casa. Eu pensava que estava sendo malvista por ter ficado com duas pessoas. As mulheres falam comigo que eu as representei, que elas ficaram emocionadas. Fiquei surpresa com a torcida aqui fora para eu ficar com o Wesley. Eu pensava que estava tendo uma atitude totalmente errada e, na verdade, foi o inverso.

iG: Como está o assédio nas ruas?
Maria: É Impressionante ver o carinho dos fãs. Crianças chorando, pedindo beijo. Ontem, fui realizar meu sonho de conhecer os estúdios e a cidade cenográfica do Projac. Vários atores vieram falar comigo, pessoas de quem sempre fui fã como a Carol Castro e a Vanessa Giácomo. A Deborah Secco me ligou para me parabenizar e dizer que eu representei a verdadeira mulher brasileira.

Isabela Kassow
Maria tem três tatuagens: no ombro e duas no pé

iG: Como está o relacionamento com o Wesley fora das câmeras?
Maria: Ah! A gente fica mais à vontade, é claro. A gente está superbem, estamos namorando. Ele é um fofo. É a mesma pessoa que vocês conheceram lá dentro.

iG: Já tiveram a primeira noite juntos?
Maria: Já. Mas não foi na primeira noite fora da casa. Foi na segunda (risos). Ah! Foi maravilhoso. Rolou química. Eu só tenho uma coisa para dizer: ele é tudo de bom na cama. Eu queria fazer uma surpresa, com uma bela lingerie, mas não tive tempo de comprar. A primeira oportunidade que eu tiver, vou fazer algo especial. Adoro essas coisas. Eu não gosto de cair na rotina. Acho que isso também conquista o homem porque eles enjoam de comer o arroz e feijão todos os dias. Tem que inovar.

iG: Que tipo de surpresas?
Maria: Quero muito curtir um momento nós dois porque até agora não tivemos. Tivemos muito pouco tempo de privacidade. Queria viajar com ele em um fim de semana. Irmos para uma praia, um lugar tranquilo. Quero que a gente curta a companhia um do outro, namore e respire. Afinal, nós merecemos, né?

iG: Pretende realizar alguma fantasia com ele?
Maria: Ah! Com certeza ir para uma praia deserta, para ninguém achar a gente, e fazer lá na areia mesmo... Também tinha falado dentro da casa que tinha fetiche por homem de branco. Quem sabe brincar com essa fantasia? (risos)

Isabela Kassow
Maria e Wesley pretendem morar em São Paulo

iG: Ficar sem sexo durante três meses foi um problema? Está aproveitando o tempo perdido agora?
Maria: Depois de um mês e meio, eu comecei a sentir muita falta. Com o Mau Mau eu não fiz nada debaixo do edredom, mas com o Wesley a gente se soltou um pouco mais. Rolou umas brincadeiras, mas nada demais. Na medida do possível, a gente está fazendo o que pode. Até porque a agenda está lotada e temos que aproveitar o tempo livre para descansar um pouco.

iG: Estão pensando morar juntos?
Maria: Estamos conversando e estou tentando convencê-lo a morar em São Paulo. A gente está tão acostumado a dormir juntos que o dia que tivermos que ficar separados, vai ser estranho. Mas não sabemos se vamos morar juntos. Ainda está muito cedo para pensar nisso.

iG: Sonha em casar e ter filhos com o Wesley?
Maria: Esse é um dos meus maiores sonhos: casar na Igreja, de branco, véu e grinalda. Sempre quis construir uma família: um casalzinho. Tenho até nome se for menina: Giulia. Mas se eu e o Wesley vamos nos casar, está muito cedo para pensar nisso.

iG: Vai ser no regime de comunhão total de bens?
Maria: Como disse, a gente ainda não está pensando em casamento (risos). Mas sou uma pessoa que não liga para essa questão de dinheiro. Já tive namorado pobre, já paguei jantares. Não que eu seja rica. Mas, graças a Deus, nunca passei necessidades. Gosto de homem que trabalha, batalhador e que não fique encostado na mulher.

iG: Na casa do BBB, você tinha um livro de cabeceira: “Como fazer os homens ficarem aos seus pés”, de Marie Forleo. É verdade que você foi convidada para estar na capa da próxima edição?
Maria: Já me sondaram, mas ainda não tive tempo de sentar para conversar com a autora. O livro abriu minha mente. Aprendi que a mulher tem que ter autoestima e que tem que se amar, antes de gostar de qualquer pessoa. Temos que nos dar valor. Quem sabe escrevo um livro sobre a minha história?

iG: Você sente vergonha de ver os vídeos em que você corre atrás do Mau Mau?
Maria: Não, de jeito nenhum. Quando eu gosto de alguém, não interessa para mim o que os outros vão pensar. Eu faço o que meu coração manda... Já tinha acontecido isso comigo antes, de eu ir atrás de uma pessoa que não estava a fim de mim. Nunca me arrependi. Eu faço o que tenho vontade. Mas chegou uma hora em que vi que daquele mato não saía coelho. Estava começando a sofrer. Aí parei.

iG: O que ele significa para você?
Maria: Eu tive sentimentos pelo Mau Mau. Tive uma paixão. Até por isso, quando ele saiu, eu fiquei triste de verdade. Mas agora não ficaria com ele de jeito nenhum. Acho que ele só voltou para a casa porque o Wesley entrou no programa e o público queria ver o circo pegar fogo. As pessoas estão vindo me perguntar o que eu acharia se ele estivesse ficando com a Jaqueline , eu desejo a maior felicidade do mundo para os dois.

Isabela Kassow
Maria: "Quem sabe escrevo um livro sobre a minha história?"

iG: Agora que você já sabe o que rolou lá dentro, ficou decepcionada com alguém?
Maria: Não guardo mágoas de ninguém. Mas algumas pessoas mudaram comigo, depois que ganhei o prêmio. Vários me abraçaram e disseram que torceram por mim, mas na Ana Maria Braga o único que disse que queria que eu vencesse foi o Cristiano . Acho que a conduta da Adriana comigo também não foi legal. Ela falou os montes quando saiu e me chamou de infantil. Mas acho quem foi infantil é quem fala isso. Apesar do BBB ser um jogo, somos seres humanos e temos sentimentos.

iG: Em entrevista coletiva você disse que não queria ser como a Grazi Massafera porque você estudou. O que você quis dizer com isso?
Maria: As pessoas interpretaram errado. Admiro muito a Grazi e a batalha de vida dela: de miss às novelas. Eu sempre falei que meu sonho era fazer novela e de jeito nenhum ia falar mal. Sou fã dela. Acho que ela saiu do BBB e se esforçou para chegar onde está. Agora, eu vou estudar muito e fazer testes.

Isabela Kassow
Maria Melilo

iG: Você já viu os vídeos eróticos de Meg Melilo? É você?
Maria: Não vi nada ainda. Não tive tempo, mas me falaram sobre esses vídeos e fiquei surpresa, até. Não sou eu. Nunca fiz nada desse tipo. Mas já estou com um advogado e estamos conversando para saber o que iremos fazer.

iG: Você já tinha escutado alguma história ou fato sobre alguém, muito parecido com você, se passar por você e usar o seu nome artístico?
Maria: Não. Mas qualquer um pode pegar uma foto e colocar na Internet. Fazem montagem. Eu mesma já processei usuários do Facebook que tinham o nome de Meg. Imagino que, agora, deva ter vários perfis com o meu nome e que não são de verdade. Pode acontecer de tudo na Internet.

iG: E a Ariadna? Pretende processá-la por falar que você era garota de programa?
Maria: Ela me pediu desculpas. Disse que falou sem saber... Eu não sei por que a Ariadna falou isso! Ninguém pode julgar ninguém. Principalmente ela, que disse em rede nacional que já foi garota de programa. Fiquei chateada, sim. Mas a perdoei. Minha família já tinha entrado com um processo contra ela, quando ainda estava na casa. Não tive tempo para decidir se vou continuar com a medida.

iG: Já foi sondada para posar nua?
Maria: Já ouvi alguns comentários, mas ainda não parei para conversar. Agora que ganhei o prêmio, vou ter que analisar bem. Querendo ou não, sou uma milionária. (risos). Isso tem que ser valorizado. Por pouco dinheiro é que não vai ser. Toda mulher tem um lado exibicionista. É uma coisa de ego. Se rolar o ensaio, vou querer fazer algo diferente. Relacionado a algo da casa.

iG: Seria um ensaio dentro da casa do BBB?
Maria: É. Algo relacionado com o que fui dentro do programa (risos). Mas já falei demais e ainda não tem nada fechado. Deixa ser uma surpresa!

iG: E o que vai fazer com o prêmio?
Maria: Vou deixar guardado em aplicações. Quero ajudar uma instituição de crianças com câncer e contribuir com o asilo do Dani . Estou pensando que seja uma contribuição mensal, com preço fixo. Mas, tenho que ver ainda. Afinal, ainda nem recebi o dinheiro.

Leia tudo sobre: maria melilobbb 11Wesley Schunk

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG