“Não adianta poupar. Ela tostou em 24 horas”, disse o goiano sobre a ex

Renata, Yuri e Ronaldo falam sobre a formação de Paredão do próximo domingo (09)
Reproduçao TV Globo
Renata, Yuri e Ronaldo falam sobre a formação de Paredão do próximo domingo (09)

Renata , Ronaldo e Yuri usaram o final de tarde desta sexta-feira (03) para já arquitetar o novo Paredão. O paulista aconselhou a Líder a dar um tiro certeiro, para que ela não tenha problemas caso o indicado sobreviva. “Acho que a Fabi volta se ela for para o Paredão. Mas aí ela tem que ser colocada no próximo”, indicou Ronaldo.

Sem demonstrar qualquer tipo de afeto por Laisa , com quem viveu um relacionamento cheio de discussões dentro do confinamento, Yuri sugeriu que Renata colocasse a gaúcha na berlinda. Na opinião do Professor de Muay Thai, a sister é uma forte candidata para ser eliminada.

“Não adianta poupar. Ela tostou em 24 horas. Eu estava mal pra c... e ela virou e falou ‘estou cagando e andando’”, justificou Yuri. “Se forem a Laisa e a Fá, a que voltar tem que ser colocada de novo na próxima semana”, completou o vendedor paulista.

Ouvindo as sugestões na maior parte do tempo, Renata defendeu a força de Laisa junto ao público. “Acho que ela não sai. Acho que sai a outra (Fabiana). Entre as duas, o público vai escolher a Laisa para ficar aqui. A outra tem um filho, fica chorando o dia todo”, argumentou.

A loira pensou em outras possibilidades, como um Paredão formado por Kelly e Fabiana ou por João Maurício e Jonas ou Fael . Ronaldo logo fez a sister mudar de ideia, alegando que a casa não vai votar em homem nessa semana. “Vão votar na Laisa ou Fabi. As duas têm que sair”, defendeu o brother.

Renata sugeriu que a estudante de Medicina poderia ser imunizada pelo colar de Anjo. “Quem vai dar a imunidade para a Laisa?”, questionou o ex-ficante da gaúcha. “Você vai na sua ex?”, quis saber Renata de Yuri. “Não, pega mal. Não tem jeito. Se eu for em outra, já tem gente suficiente para ir nela”, disse ele.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.