Na reta final do jogo, sister leva a pior ao enfrentar seu primeiro Paredão

Mineira deixa o jogo ao enfrentar Jonas na berlinda
Reproduçao TV Globo
Mineira deixa o jogo ao enfrentar Jonas na berlinda
A mineira Kelly não resistiu a seu primeiro Paredão. Na noite deste domingo (25), a sister, que escapou da berlinda até a reta final do jogo, levou a pior na disputa com Jonas . A assistente comercial recebeu 57% dos votos e deixou a briga pelo R$ 1,5 milhão após 76 dias de confinamento. 

Antes de anunciar o eliminado da noite, no entanto, Pedro Bial fez seu discurso. Contudo, ele logo avisou: “Hoje o discurso não é para vocês, é para os pais de vocês”, contou.

Em seguida, ele deu início: “Quem nos dá as maiores alegrias? Quem nos faz amargar dores sem remédio? Quem dá um espirro e nós que ficamos gripados? Quem, com um soluço, nos faz desmontar em lágrimas? Com um sorriso, faz o dia mais cinzento brilhar como só num impossível Caribe? Quem mora na nossa cabeça, como um ocupante benvindo e eterno? Quem nos mostra, com todas as letras, que não somos nada, não servimos para nada, além de servir? Quem, com uma nota baixa, consegue despertar nossa fúria? Com um biquinho, acaba com nossa marra? Quem nos criva de preocupações? Nos rouba noites de sono, por uma palavra não dita, pelo telefone que não toca? Quem nos faz acordar antes do sol, para que não se perca a hora de dizer, sem falta: presente!? Quem nos reapresenta à vida e nos faz ver o mundo como se fosse pela primeira vez, de novo? Quem nos revela nossa velhice e decadência? Por quem seríamos capazes de morrer? E, ainda assim, quem nos faz imortais? Ora, quem? Me digam? Vocês sabem? Pois é, os filhos...”, filosofou, deixando os emparedados bastante emocionados.

Ainda antes de anunciar quem deixaria o programa, o apresentador confidenciou: “Tenho por você, Jonas, e por você, Kelly, um carinho paternal”, disse. Depois, ele analisou o perfil dos dois: “Vocês são os que mais evidentemente trazem ainda uma inocência de criança. E pagam por isso, pois são, sim, culpados do crime atroz e inafiançável, o crime inegável e sem atenuantes de ser jovem”.

Sem fazer mais mistérios, Bial disparou: “Quem será essa pessoa que sai agora, tão diferente daquela que aí entrou há setenta e seis dias? Vem descobrir essa nova pessoa aqui fora Kelly”.

Ao ouvir qual havia sido a decisão do público, contudo, Fabiana entrou em desespero e começou a chorar: “Ai, eu não acredito”, lamentou.

A eliminada, entretanto, demonstrou estar tranquila: “Foi maravilhoso estar aqui, foi um grande sonho realizado”.

Já Jonas, o sobrevivente da berlinda, elogiou a mineira: “O seu coração é de ouro, Kelly. E isso aí ninguém nunca vai te tirar. A gente vai se ver muito ainda”, garantiu.

Ao sair do confinamento, a assistente comercial correu ao encontro de sua família, abraçou e beijou a mãe e o namorado, e conversou com o apresentador, que brincou: “Você está radiante. Nem parece que foi eliminada”.

Sorrindo, ela concordou com ele e revelou: “Eu estou muito feliz, Bial. Eu creio que quem acredita, tem fé, humildade e coragem sempre alcança”, concluiu.

Mineira foi vítima de dois Castigos do Monstro
Reprodução/TV Globo
Mineira foi vítima de dois Castigos do Monstro

A planta da edição
A passagem de Kelly pelo BBB12 foi marcada pela descrição. Considerada a participante mais apática da edição, a morena não foi poupada nem pela produção do reality, que exibiu em um dos programas um VT chamando a mineira de "planta", nome dado aos brothers que nada fazem de relevante.

Pedro Bial até tentou dar um empurrão ao cutucar Kelly, pedindo que ela saísse da sombra dos demais. Mas a musa preferiu manter seu jogo morno, em que prevaleceu a política da boa vizinhança. Quando confrontada, Kelly saiu pela tangente, seja com os aliados do Praia, seja com os adversários do Selva.

A tática dentro da casa até deu certo. E foi assim, fazendo jus à fama de " come quieto " dos mineiros, que a moça enfrentou sua primeira berlinda apenas na última semana de confinamento. Mas, para o público, Kelly fez pouco ou quase nada para conquistar torcida.

Moça de fibra
Mas nem sempre foi assim. Kelly deixou uma boa impressão no público logo na primeira Prova de Resistência. A morena mostrou que tinha fibra e gana ao aguentar 30 horas sentada dentro de um carro, comprovando sua fama de guerreira.

Dali para frente, a assistente comercial apagou e foi apenas uma das cozinheiras do programa. Semanas depois, Kelly voltou ao papel de protagonista ao vencer outra Prova de Resistência, após 12 horas de luta pela liderança .


Mas a sister não teve a mesma sorte nas Provas do Anjo, porém ela conseguiu ficar imune cinco vezes. Duas delas foram por causa de Provas do Líder, sendo que as outras três tiveram a ver com a Prova de Resistência, o Big Fone e o colar do Anjo Jonas .

Duas vezes nomeada para o Castigo do Monstro, a moça também teve que dançar como um mariachi na companhia de Yuri , além de passar perrengues na pele de uma mendiga , quando cumpriu a tarefa com Fael . Para os brothers, foi o pior Castigo do Monstro da edição.

Amizade com Fabiana ficou abalada na reta final do jogo
Reprodução/TV Globo
Amizade com Fabiana ficou abalada na reta final do jogo

Maquiadora, cabeleireira e intérprete
Se no jogo Kelly teve participação discreta, no dia a dia da casa ela teve algumas funções. Das sisters, a mineira de 28 anos foi a maquiadora oficial. Os meninos também se beneficiaram das habilidades da cabeleireira da casa . João Carvalho, Jonas e Yuri que o digam. Já de Noemí a morena foi a intérprete. Como retribuição, a espanhola a levou para um passeio de asa-delta .

Amizade com Fabiana
Fabiana e Jakeline foram as grandes amigas de Kelly nos primeiros dias de confinamento. Com a saída da baiana, a mineira e a paulista passaram a ficar cada vez mais próximas. Fael e Jonas também foram companhias da sister, bem como João Carvalho, que dividiu com ela a tarefa de cozinhar para os confinados.

Mas foi com a garota-propaganda que Kelly passou a maior parte de seu tempo. Como unha e carne, as duas faziam praticamente tudo juntas, porém nas últimas semanas a amizade das duas ficou abalada. Após discutirem a relação , a mineira ficou ressentida com o comentário da loira a respeito da Prova do Líder, onde ela deu a entender que saiu apenas para que a morena ganhasse.

E mesmo tendo ficado ao lado da amiga nas horas mais difíceis , a jovem chorou muito ao ser rotulada de falsa pela companheira de quarto e ainda garantiu que não era “duas caras” . Um dos últimos desentendimentos foi na recente Prova do Líder. Mama acusou Fael e Kelly de terem cochilado. A dupla não gostou e rebateu. Logo depois, deixou a disputa e a vitória para a loira.

O clima ficou pesado entre os praianos, que colecionaram choros e DRs nos últimos dias. Apesar de chateada, Kelly fez as pazes com Fabiana, com quem dividiu a cama de casal durante todos esses 76 dias de confinamento. Não à toa, a garota-propaganda decretou torcida pela amiga no Paredão com Jonas. O público, porém, preferiu proteger o modelo. 

Faltando menos de uma semana para o término da edição, Kelly é a 12ª participante a deixar o BBB pela votação do público. Antes dele, foram eliminados Analice , Jakeline , Mayara , Ronaldo , João Maurício , Laisa , Rafa , Renata , Yuri , Monique e João Carvalho . Daniel também saiu da casa, mas por conta de uma polêmica envolvendo Monique. Restam agora apenas três participantes (Fabiana, Jonas e Fael) na disputa pelo grande prêmio de R$ 1,5 milhão. 

ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA DO BIG BROTHER BRASIL 12 NO iG

SIGA O TWITTER DO IG NO BIG BROTHER 12

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.