Ex-goleiro do Fluminense, Paulo Vítor Carvalho viajou de Brasília para o Rio de Janeiro para torcer pelo filho

Paulo Vítor Carvalho, pai do BBB Rodrigo
Luisa Girão, iG Rio de Janeiro
Paulo Vítor Carvalho, pai do BBB Rodrigo
Ex-goleiro do Fluminense, Paulo Vítor Carvalho desembarcou no Rio de Janeiro na manhã desta sexta-feira (04) com destino certo: o Via Parque Shopping, onde está localizada a Casa de Vidro. Ali, na parte interna das paredes transparentes, está seu filho, Rodrigo , disputando a vaga para retornar ao BBB11.

Logo na chegada, Paulo foi questionado sobre as fotos do filho para a G Magazine. Sem ter muitos detalhes, ele ainda não sabe se vai processar a revista, que trará no próximo mês, imagens de ensaio antigo do BBB sem autorização da família e do próprio modelo. Se esse assunto gera dúvidas, Paulo tem certeza absoluta de outro tema: “Me perguntam muito sobre a sexualidade do Rodrigo. Queria ser gay como meu filho, pegando todas as mulheres. As pessoas esquecem que a G Magazine é para o público gay, mas as mulheres também vêem. É um trabalho como outro qualquer”, rebateu o ex-jogador, descartando a hipótese de o filho ser homossexual.

Como Paulo não via o filho desde dezembro, não conseguiu segurar as lágrimas assim que o viu na casa de vidro. “Não consegui ir ao paredão porque tive problemas com a passagem”, explicou sobre a ausência no dia da eliminação do filho. “Ele é um filho muito parceiro, somos muito amigos”.

Para firmar ainda mais a relação entre pai e filho, Paulo Vitor não poupou esforços para garantir o retorno de Rodrigo à casa. Em Brasília, deixou em sua casa 30 pessoas em computadores diferentes em um esquema forte de votação. Já, no Rio, convidou alguns ex-jogadores do Fluminense, como Cláudio Adão e Mário Marques , para engrossar a torcida. “Avós, amigos e torcedores do Flu estão votando. Se ele não voltar, é porque Deus não quis”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.