Engenheiro que arrancou suspiros das mulheres, dentro e fora do reality, brinca com possibilidade de posar para fotos sensuais

O sucesso de Cristiano com as mulheres não impediu sua eliminação
Divulgação/TV Globo
O sucesso de Cristiano com as mulheres não impediu sua eliminação
Milhares de pessoas têm o sonho de entrar no "Big Brother Brasil". Para conseguir isso, o candidato tem que mandar uma fita ou ser convidado por um dos olheiros do programa. O paulista Cristiano foi um desses sortudos e contou, durante a coletiva de imprensa após a sua eliminação, nessa terça-feira (8), que nunca havia pensado em entrar para o programa. “Eu estava em uma festa, em São Paulo, e eles me chamaram para conversar e me convidaram”, contou ele, que acrescentou: “Era R$ 1,5 milhão para 17 pessoas. Achei que teria uma grande chance e que minha postura iria agradar. Além disso, minha mãe é fã e ficou muito contente com o convite”.

Eliminado com 78% dos votos, o engenheiro arrancou suspiros das mulheres dentro e fora do programa, mas afirmou que não sentiu vontade de se relacionar com nenhuma das sisters da casa. “No começo, achei as mulheres bonitas, mas era cedo. Lá dentro tem que ter algo mais do que atração, porque você convive com a pessoa”, disse. Os beijos triplos com Natália e Diana e as brincadeiras com o doce de leite também não o empolgaram. “Era uma brincadeira, mas nada que eu queira fazer de novo”, avisa.

Mesmo sendo alvo de várias brincadeiras quentes, Cristiano afirma que não sofreu com a abstinência sexual. “Achei que fosse ser mais difícil. Fiquei tranquilo", contou ele, que brincou com a possibilidade de fazer um ensaio nu. "Se me oferecerem R$ 1 milhão, é claro que eu topo", disse. Mesmo entrando no BBB, ele diz que não tem nenhuma pretensão artística fora da casa. “Não tenho dom nenhum para isso”.

Leia a cobertura completa do BBB aqui

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.