Big Fone, Xepa, Anjo e todas as outras novidades do reality que surgiram ao longo das onze edições

O primeiro BBB foi ao ar em 29 de abril de 2002. Nesta primeira edição, o programa, que era uma das grandes novidades das telinhas estreou com 12 participantes e o prêmio de R$ 500 mil, levado por Kléber Bambam . Sem provas do Anjo, Big Fone tocando ou integrantes entrando após o início do jogo, a primeira edição contou apenas com paredões duplos e uma final com três participantes. Confira as mudanças e novidades que aconteceram ao longo dos anos no BBB.

BBB2:

O programa seguiu com 12 participantes e o prêmio de R$ 500 mil, mas a grande final da atração foi disputada apenas por dois concorrentes: Manuela e Rodrigo Cowboy , que acabou levando a melhor.

BBB3:

O prêmio seguiu com os R$ 500 mil, mas mais dois participantes entraram na disputa. Quatorze pessoas ficaram confinadas durante os três meses de reality, que ganhou uma novidade: a Prova do Anjo. Quem vence não tem vantagem, mas imuniza um outro jogador no paredão seguinte. Como na edição anterior a esta, a final ficou entre dois jogadores.

BBB4:

A grande novidade desta edição foi a entrada de dois participante após o início da atração. Doze confinados ingressaram no reality no dia 13 de janeiro de 2004 e, dias depois, Thiago e Cida , que foram selecionados após um sorteio e não passaram pelo longo processo de seleção, entraram no jogo. Por acaso, foram os dois finalistas desta edição.

Cida e Thiago entraram no jogo após o início e chegaram até a final
TV Globo
Cida e Thiago entraram no jogo após o início e chegaram até a final

BBB5:

Duas mudanças marcaram a quinta edição do reality. O prêmio, que dobrou e foi para R$ 1 milhão; e a Estaleca, uma moeda própria do reality usada para o dia de compras. Em vez de receber comida direto da produção, os brothers ganhavam o “dinheiro” após uma atividade e iam às compras. A dificuldade era controlar os gastos e saber exatamente o que iriam precisar pela próxima semana para não faltar comida.

O jogo seguia com os 14 participantes e, diferente dos anos anteriores, a final contou com três finalistas: Sammy , Grazi Massafera e Jean Wyllys , que levou a melhor.

BBB6:

O BBB6 veio sem novidades e seguiu com o prêmio de R$ 1 milhão, 14 participantes na disputa, paredões com apenas dois brothers se enfrentando e um encerramento com três finalistas: Rafael , Mariana e Mara , a grande campeã da edição.

BBB7:

Na sétima edição do reality, o prêmio seguia o mesmo, mas a estreia foi com 16 jogadores, dois a mais que na edição anterior. Mas logo no primeiro paredão, dois já deixaram o confinamento: Juliana e Airton que, semanas depois, recebeu a chance de voltar ao jogo depois de uma enquete entre os telespectadores.

A final aconteceu com dois participantes, Carolini e Diego Alemão , que foi o primeiro participante confesso a não encarar nenhuma fase da seleção. Em conversa com Íris Stefanelli , ele afirmou que entrou no programa após um convite da produção.

Diego Alemão levou R$ 1 milhão para casa e confessou não ter passado pela
TV Globo
Diego Alemão levou R$ 1 milhão para casa e confessou não ter passado pela "cadeira elétrica"

BBB8:

O prêmio de R$ 1 milhão voltou a ser disputado por 14 participantes e veio com novidades. Foi a primeira edição que contou com paredões triplos, o Big Fone foi inserido no jogo e Deborah Secco passou um dia dentro do jogo, após uma das participantes comprar a visita da atriz com as Estalecas.

BBB9:

No BBB9, 18 participantes participaram do jogo. Quatorze ingressaram na estreia, no dia 13 de janeiro, enquanto outros quatro – Emanuel, Josiane, André e Maíra – disputaram a chance de entrar na casa após participar da Casa de Vidro montada no shopping Via Parque, no Rio de Janeiro. A ideia inicial era eleger apenas um para entrar no jogo, mas dois ganharam a oportunidade (Emanuel e Josiane).

Na quinta semana do programa, uma bolha foi armada na parte externa da casa e André e Maíra disputaram novamente a chance de entrar no jogo. O público deveria votar se o casal deveria ou não entrar na casa. Após o “sim”, os dois ingressaram no reality.

Outra novidade do BBB foi a divisão da casa mais vigiada do Brasil. Uma parede foi montada dividindo o espaço em Lado A e Lado B. Na estreia, os participantes eram sorteados para entrar em um dos lados e, durante vários dias, só conheciam as pessoas do lado oposto pelas vozes. Certa noite, a produção retirou a parede e todos se reuniram, mas as panelinhas já estavam formadas.

A edição com mais novidades entre as onze contou ainda com o Quarto Branco. Após o toque do Big Fone, Newton atendeu e precisou indicar duas pessoas para o novo cômodo, onde deveriam permanecer sem regalias. Leonardo e Ralf, os eleitos, escolheram Alex também para a disputa, apostando que este último apertaria o botão vermelho para deixar o quarto. Quem apertasse o botão seria eliminado e Leonardo acabou desistindo da prova e abandonando o confinamento.

Os brothers encaram o quarto branco
Reprodução
Os brothers encaram o quarto branco

BBB10:

A grande novidade do BBB10 foi o retorno de um ex-participante. Marcelo Dourado , que integrou o elenco do BBB4 voltou ao jogo e levou o prêmio que, pela primeira vez, foi de R$ 1,5 milhão. A entrada de Dourado aconteceu após outra novidade: a divisão dos brothers em tribos. Cada grupo era representado por um ex-BBB: Joseane Oliveira , do BBB3, representava os Belos; Marcelo Dourado , do BBB4, os Sarados; Rafael Valente , do BBB6, os Cabeças; Fani Pacheco , do BBB7, os Coloridos; e Natália Cassassola , do BBB8, os Ligados. A tribo vencedora teria seu representante de volta ao jogo. Assim, Joseane teve a grande oportunidade e votou no retorno de Dourado também.

Assim, o BBB10 estreou com 16 jogadores e teve três finalistas: Cadu, Fernanda e Dourado. Os Lados A e B da última edição se tornaram o “puxadinho” e a “casa de luxo”. Dois grupos se revezavam entre os dois locais de acordo com o resultado das provas. Vencedores desfrutavam de comida farta e piscina. Perdedores seguiam para a edícula.

BBB11:

Anjo, imunidade, Big Fone, paredões triplos, prêmio de R$ 1,5 milhão... Tudo seguiu como na última edição. As novidades: 19 participantes. Adriana e Wesley foram os escolhidos para entrar na casa um mês após o jogo. E a casa de vidro contou com brothers eliminados: Ariadna , Maurício , Rodrigo , Michelly e Igor disputaram a preferência do telespectador e visitantes do shopping. Por conta da história de Maria e Wesley, Maurício ganhou a chance de retornar ao jogo.

O Sabotador também era uma das novidades da atração, mas acabou extinta na terceira semana. Um dos participantes era eleito como sabotador e precisava aprontar algo com a casa sem ser identificado. Se conseguisse permanecer impune, receberia um prêmio.

Outra mudança foi que o Quarto Branco foi substituído pelo Quarto do Terror, onde Paulinha e Diana precisaram encontrar, no escuro, duas chaves – entre duas mil – para se libertarem do quarto. Elas conseguiram.

A divisão de casas seguiu, mas as diferenças aumentaram. O Puxadinho virou um acampamento. A casa foi dividida entre quatro grupos -- Laranja, Verde, Azul e Vermelho --, onde dois deles ficavam com a casa principal e outros dois na parte externa. Depois de um período, o acampamento foi substituído pela “xepa”, um anexo da casa.

Parte dos confinados do BBB11 ficam no acampamento
Reprodução
Parte dos confinados do BBB11 ficam no acampamento
Resta saber o que os participantes do BBB12 vão encontrar na casa mais vigiada do Brasil a partir do dia 10 de janeiro de 2012, quando estreia mais uma edição do Big Brother Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.